Tecnologia & Meio ambiente

OMS dá conselhos e recomendações para Valentine’s Day

ROMA, 14 FEV (ANSA) – A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou recomendações saudáveis para o Valentine’s Day, celebrado nesta sexta-feira (14) e considerado o Dia dos Namorados em vários países.   

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Em uma série de postagens no Twitter, a OMS sugeriu que as pessoas que forem comemorar a data deem preferência ao consumo de alimentos saudáveis e à prática de atividades físicas ao lado dos parceiros. A OMS desaconselhou a ingestão de álcool e reforçou a necessidade de praticar sexo seguro. Os conselhos foram batizados de “sermos saudáveis juntos”. “Você está indo para um primeiro encontro? Então seja gentil e respeitoso. Divirta-se, consuma álcool moderadamente e, caso decida ter uma relação sexual, fique atento”, escreveu a OMS. A entidade também fez uma postagem especial chamando a atenção para quem possa se sentir solitário em uma data como o Valentine’s Day. “Pode ser difícil para algumas pessoas. Entre em contato com quem você se importa e confira se eles estão ok”, recomendou. (ANSA)

Veja também

+ Após foto “com volume” ser derrubada no Instagram, Zé Neto republica imagem usando bermuda

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea