Coronavírus

OMS alerta que vacinação ampla só deve ocorrer em 2022

Crédito: AFP

A cientista-chefe da OMS, Soumya Swaminathan (Crédito: AFP)

ROMA, 9 SET (ANSA) – A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou nesta quarta-feira (9) que uma vacinação ampla da população mundial contra o novo coronavírus Sars-Cov-2 só deve ser realizada em 2022, embora os grupos de risco possam ser imunizados no fim deste ano.

“Não é uma fórmula mágica que chegará em janeiro e resolverá os problemas do mundo”, afirmou a cientista-chefe da OMS, Soumya Swaminathan.

Segundo a pesquisadora da entidade, “vai demorar muito para chegar à imunidade de rebanho, com 60% ou 70% da população imunizada, e realmente parar a transmissão”.

“Vai ter que esperar até 2022 sem dúvida e até lá as populações devem ser disciplinadas”, acrescentou.

Swaminathan citou desafios científicos e estruturais relacionados à produção dos imunizantes, além de lembrar que os resultados dos testes de fase 3 só serão divulgados no fim deste ano e início de 2021. “Então, será preciso passar pelo processo de avaliação e licenciamento”, disse.

A cientista ainda lembrou que esta é a primeira vez que o mundo inteiro precisará de bilhões de doses de uma vacina ao mesmo tempo, o que precisará reforçar ou expandir as estruturas de produção.

Para ela, “esse tipo de capacidade não existe em nenhuma empresa”. “Estamos olhando para meados de 2021, em um cenário otimista, para que um número limitado de doses chegue aos países”.

A declaração é dada no momento em que a farmacêutica AstraZeneca anunciou uma pausa temporária nos testes com a vacina contra a Covid-19, criada pela Universidade de Oxford, após um voluntário ter apresentado uma reação adversa grave.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel