Agronegócio

OMC quer concluir negociações sobre subsídios à pesca até junho

São Paulo, 22 – O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, disse esperar que as negociações sobre reduções no subsídio à pesca global sejam concluídas até junho. “Antigamente, esses subsídios tinham uma razão: visavam à segurança alimentar. Hoje, a pesca virou um empreendimento comercial subsidiado pelo Estado”, afirmou em painel durante o Fórum Econômico Mundial, que acontece esta semana em Davos, na Suíça.

+ Mourão, sobre ser vice de Bolsonaro em 2022: ‘Estou trabalhando para isso’

Azevêdo argumentou que, embora sejam introduzidos como uma forma de obter benefícios sociais, esses incentivos estatais acabam gerando distorções no mercado. “Esse não é uma tema sobre política doméstica, mas sobre o impacto que os subsídios podem ter em comunidades vulneráveis em outros lugares do globo”, disse.

Durante o evento, o brasileiro não fez comentários sobre outros temas importantes na agenda da OMC, como as reformas na organização e o encontro com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Veja também

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea