Agronegócio

OMC quer concluir negociações sobre subsídios à pesca até junho

São Paulo, 22 – O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, disse esperar que as negociações sobre reduções no subsídio à pesca global sejam concluídas até junho. “Antigamente, esses subsídios tinham uma razão: visavam à segurança alimentar. Hoje, a pesca virou um empreendimento comercial subsidiado pelo Estado”, afirmou em painel durante o Fórum Econômico Mundial, que acontece esta semana em Davos, na Suíça.

Azevêdo argumentou que, embora sejam introduzidos como uma forma de obter benefícios sociais, esses incentivos estatais acabam gerando distorções no mercado. “Esse não é uma tema sobre política doméstica, mas sobre o impacto que os subsídios podem ter em comunidades vulneráveis em outros lugares do globo”, disse.

Durante o evento, o brasileiro não fez comentários sobre outros temas importantes na agenda da OMC, como as reformas na organização e o encontro com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.