Geral

‘Olhar a cara dele nos jornais me faz lembrar tudo o que eu passei’, diz mulher estuprada por criminoso foragido no DF

Crédito: Reprodução

'Olhar a cara dele nos jornais me faz lembrar tudo o que eu passei', diz mulher estuprada por criminoso foragido no DF (Crédito: Reprodução)


Uma mulher, residente em Ceilândia, no Distrito Federal, mesma região em que o criminoso Lázaro Barbosa Sousa é suspeito de ter matado quatro pessoas, relembrou momentos de terror que viveu nas mãos dele, quando tinha 19 anos.

Lázaro Barbosa é investigado por matar caseiro quatro dias antes de chacina em Ceilândia

+ Espero que ele se entregue, diz mulher do foragido Lázaro Barbosa

Lázaro Barbosa tem ‘ritual’ e ia matar família feita refém em GO, diz secretário

Em 2009, Lázaro invadiu a casa onde a mulher morava com a família. No dia do episódio, o suspeito estava acompanhado pelo irmão Deusdete. Depois de torturar as vítimas, a jovem foi levada para um matagal. Em entrevista à ÉPOCA, ela falou sobre os momentos em que esteve na companhia dos criminosos.

“Eles estavam vigiando a nossa família tinha uns 15 dias, o Lázaro e o Deusdete. Eles invadiram a nossa chácara umas duas horas da manhã, se não me engano num domingo. Com arma, faca, muita violência. Muito cruéis. Creio serem torturadores natos, agiam há muito tempo. O Deusdete bem mais violento que o Lázaro na época. Subjugava a gente o tempo todo. Batia. Pediu para tirar a roupa, prendeu a gente no banheiro. E simplesmente eles me escolheram, me sequestraram, me levaram para o córrego, para o mato. E lá me violentaram, me xingaram, me bateram com a arma. Muito bárbaros. Não era para estarem soltos”, contou.

A vítima, que não se identificou, afirmou que tinha certeza que morreria nas mãos dos suspeitos. “Foram muito violentos, a todo tempo. Fiquei toda cortada, as pernas cortadas, o corpo cortado no mato porque estava frio, estava molhado o mato, cheio de espinhos. São coisas assim que jamais vou esquecer. Momentos muito cruéis mesmo. Eu tinha certeza que ia morrer porque eles me colocaram perto do córrego, igual como fizeram com a Cleonice, da família Vidal (encontrada morta no dia 12 junho em mais um crime atribuído a Lázaro pela polícia), e ele simplesmente virou a arma para a minha cabeça e falou que ia me matar porque eu tinha  visto o rosto deles. Até então eles não tinham tirado o capuz lá na chácara. Só tiraram para mim, no mato. Então eu tinha certeza que ia morrer“, relembrou.

“Nessa hora comecei a falar de Deus para ele e eu percebia que acalmava ele. Recitei um salmo da Bíblia para ele e eu perguntei para ele a todo tempo: “por que você está fazendo isso comigo? Eu não te fiz nada, eu nem conheço vocês”. E ele só falava que tinha que fazer, que precisava fazer. Ao mesmo tempo que ele tinha um pouco de dó de mim, que não queria me matar, o Lázaro, em outro momento ele já queria agir com violência, me humilhar, me subjugar. Acho que tirar um pouco a minha moral como mulher”, continuou a vítima.

O comportamento agressivo de Lázaro e Deusdete voltou a tona quando escutaram que a polícia estava próxima a eles. “Aí graças a Deus o dia amanheceu, clareou. Aí eu comecei a ouvir barulho de viatura, de carro, de cães, do helicóptero. Aí nesse momento eu tentei acenar com a mão  para o helicóptero. Ali eles ficaram muito nervosos, bem mais violentos. E ele falou que ia me matar. Nessa hora eu perdi todas as esperanças da minha vida. E falei para ele que o sonho da minha vida era ter um filho”, revelou.

“Aí não sei se eles tiveram piedade, não sei o que se passou naquele momento. Só sei que eles mandaram eu dar uns dez passos para a frente e eu dei. E quando eu perdi a conta dos dez passos eu pensei: “ah, eu vou morrer mesmo, eu vou olhar para trás”. E quando eu olhei para trás eles estavam fugindo pelo córrego. Foi muito cruel o que eu passei. E quando eu estava saindo da mata e já estava de encontro com polícia, com helicóptero, com todo mundo, em seguida não acharam ele. Ele foi achado em outra cidade por uma delegada lá em Pirenópolis (Goiás). Fiz reconhecimento. O julgamento foi em 2010. Parece que ficou sete anos na Papuda, aqui no DF, e teve um saidão de Páscoa em 2016 e desde então vem praticando essas violências, essas barbáries. O irmão, Deusdete, morreu há cinco anos, num confronto, não sei se com bandido ou com a polícia”, concluiu a vítima.


Saiba mais
+ Morre a atriz Noemi Gerbelli, a diretora Olívia da novela 'Carrossel', aos 68 anos
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais

Tópicos

art 213 cp art 213 cp é hediondo artigo 213 código penal assassinato assédio de vulnerável assédio e abuso sexual Até quanto tempo depois do crime a vítima pode denunciar o estuprador autora autora de novela CEILÂNDIA chacina em Ceilândia Cocalzinho de Goiás Código Penal Código Penal Brasileiro Como se defender de um sequestro crime contra vulnerável crimes Divulgar fotos ou vídeos de estupro é crime É verdade que mataram Lázaro Barbosa? Estupro é crime hediondo Facebook foragido Gloria Perez Goiás latrocínio Lázaro Lázaro Barbosa lazáro barbosa souza lei matar caseiro matar uma família O que aconteceu com Lázaro Barbosa? O que é crime de sequestro O que é estupro O que é serial killer? O que é um sequestro O que fez Lázaro serial killer? O que Lázaro Barbosa fez? O que se entende por sequestro relâmpago Onde nasceu Lázaro Barbosa de Souza? Passar a mão nas partes íntimas de uma pessoa pode ser considerado estupro passar a mão nas partes íntimas é crime Polícia Civil de Goiás Por que Lázaro está matando? Porque sequestro acontecem psicopata Quais os crimes de Lázaro? Quais os crimes do serial killer? Quais são as últimas notícias de Lázaro? Quais são os tipos de sequestro Qual a diferença entre estupro Qual a diferença entre estupro e importunação sexual Qual a pena para crime de sequestro Qual a pena para o crime de estupro Qual crime Lázaro Barbosa cometeu? Qual é a diferença entre rapto e sequestro Qual o artigo do código penal referente ao estupro Quando se consuma o crime de sequestro Quantas pessoas Lázaro Barbosa matou? Quantas pessoas o serial killer matou Lázaro? Que dia que o irmão Lázaro morreu? Que tipos de estupro estão na legislação Quem é Lázaro Barbosa de Souza? Quem é Lázaro g1? Quem é Lázaro Goiás? Quem é Lázaro? Quem é o serial killer de Brasília? Quem é o serial killer de Goiás? Quem é o serial killer do Distrito Federal? Quem Lázaro Barbosa matou? rapto e sequestro rede social Rodney Miranda secretário de segurança pública sequestro cp sequestro crime sequestro de bens sequestro de pessoas sequestro judicial sequestro pena serial killer de Goiás Tem um serial killer em Brasília? tipos de sequestro vítimas