Economia

Oi: Geração de caixa operacional fica negativa em R$ 413 milhões em janeiro

A Oi divulgou seu relatório mensal de fluxo de caixa, referente ao mês de janeiro. A geração operacional líquida da tele foi negativa em R$ 413 milhões, ante resultado negativo de R$ 331 milhões em dezembro. O resultado foi gerado por um total de R$ 2,303 bilhões em recebimentos, R$ 2,031 bilhões em pagamentos e investimentos de R$ 685 milhões no mês.

Em relação aos recebimentos, houve queda em relação aos R$ 2,412 bilhões de dezembro. Segundo explica a companhia, a rubrica clientes caiu R$ 158 milhões de um mês para o outro, para R$ 1,494 bilhão, o que foi decisivo para o desempenho geral de janeiro.

Nos pagamentos, também houve recuo em relação a dezembro, quando somaram R$ 2,082 bilhões. Este resultado foi possível por conta dos ganhos com depósitos judiciais, que passaram de R$ 86 milhões para R$ 200 milhões. Houve mais despesas com fornecedores e tributos, e menos gastos com pessoal.

Apesar da piora na geração operacional, a Oi registrou ganhos de R$ 2,264 bilhões em operações financeiras. Isso por conta de uma emissão de debêntures e da entrada de parte dos recursos da venda da Unitel. Assim, o saldo de caixa fechou o primeiro mês de 2020 em R$ 3,761 bilhões, ante R$ 1,91 bilhão em dezembro.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel