Esportes

Odair dedica título a vítimas da COVID-19, vê Flu taticamente perfeito e pede bom senso em datas da final

Treinador elogiou jogo do Fluminense, mas voltou a criticar o pouco tempo de trabalho desde a retomada do futebol no Rio de Janeiro

Odair dedica título a vítimas da COVID-19, vê Flu taticamente perfeito e pede bom senso em datas da final

O técnico Odair Hellmann dedicou o título do Fluminense da Taça Rio às vítimas da COVID-19 e aos torcedores do clube. Após a vitória sobre o Flamengo nos pênaltis, o comandante do Tricolor definiu a atuação da equipe como taticamente perfeita. O time das Laranjeiras mais uma vez jogou sob protesto, já que desde o início da pandemia defende que o Campeonato Carioca não deveria ter retornado neste momento.

– Gostaria de oferecer o título a quem perdeu os entes queridos para essa doença horrível. Depois, aos nossos torcedores pelo apoio incondicional nesse momento e em todos da história do clube. Claro que é uma etapa, ainda tem outros jogos. Mas acho que tem uma simbologia muito grande por tudo. Entrando na história tática, acho que foi perfeito. Uma organização defensiva impecável. Hoje conseguimos, além disso, quando recuperamos a posse, saímos em triangulações curtas e buscando espaços nas costas da linha do Flamengo, que joga com a linha alta. As duas formas encaixaram bem. Claro que a equipe cansou no segundo tempo. Meu discurso não vai ser diferente porque vencemos. Seria igual se tivesse sido o contrário. Essa equipe tem oito sessões de treinamentos, quatro jogos em 10 dias. E vai fazer mais dois. Esse é o discurso real e o fato. Jogadores machucados, sentiram o segundo tempo. Eles estão melhor preparados em todos os aspectos.

No tempo normal, Fluminense e Flamengo ficaram no empate por 1 a 1 com gols de Gilberto e Pedro. Nas penalidades, o Flu ganhou por 3 a 2. As decisões do Carioca, em dois jogos, já estão marcadas para o próximo domingo e quarta-feira. Odair voltou a ressaltar o pouco tempo de trabalho desde que o Flu voltou a treinar, no dia 19 de junho. E pediu bom senso à Ferj para reconsiderar as datas.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

– Não estou conseguindo treinar, apenas recuperar os jogadores. Isso é muito difícil para um treinador, que não consegue nem posicionar os jogadores para fazer uma partida. Antes a diferença já era grande em termos de oportunidade de preparação. Quando um campeonato tem essa diferença não é justo. Temos que ter essa justiça fora do campo e deixar o jogo ser definido dentro dele. Quem jogar melhor e fizer por merecer que ganhe. Foi o que fizemos hoje, mas temos que ter condições e tempo para trabalhar. Já falo ao torcedor, vamos sofrer domingo mais do que sofremos hoje. Porque tem jogadores sentindo, alguns que machucaram hoje e precisamos ver. Não é desculpa, aproveito para falar isso porque seria o discurso em qualquer resultado – afirmou.

– Gostaria de fazer um pedido público para que tenham bom senso. Temos tempo. O Brasileiro só começa em agosto. Já que não tivemos tempo para treinar, fazer uma pré-temporada decente, que agora as pessoas coloquem a mão na consciência e visualizem. O Fluminense treinou oito dias, está no quarto jogo em 10 dias. Temos jogadores machucados e sentindo. Que nos dê dois ou três dias a mais para recuperar os atletas. É um pedido que eu faço. Se não tiveram até agora, sempre há tempo de ter bom senso, respeito e profissionalismo. Que nos deem e aos jogadores do Flamengo mais dias para todos entrarem inteiros e decidir dentro de campo – completou.

Veja também

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Jack Daniel’s com maçã começa a ser vendido no Brasil

+ No Twitter, aparecem fotos do navio que transportou nitrato de amônio para Beirute

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?