Comportamento

Obras do arquiteto Frank Lloyd Wright entram para o Patrimônio Mundial

Obras do arquiteto Frank Lloyd Wright entram para o Patrimônio Mundial

(Arquivo) Vista do museu Guggenheim de Nova York - AFP/Arquivos

O museu Guggenheim de Nova York e outros sete prédidos do americano Frank Lloyd Wright, símbolos de sua “arquitetura orgânica”, foram inscritos neste domingo no Patrimônio Mundial da Unesco, que destacou seu “forte impacto no desenvolvimento da arquitetuta moderna na Europa”.

Quase todas concebidas e construídas na primeira metade do século XX nos Estados Unidos, as obras “são uma amostra da arquitetura orgânica elaborada por Wright, que se caracteriza, principalmente, por um plano aberto, uma falta de clareza dos limites entre o exterior e o interior, e o uso inédito de materiais como aço e cimento”, assinala o comunicado da Unesco.

Com a decisão de hoje, os Estados Unidos contam agora com 24 sítios na lista do Patrimônio Mundial. “Essas construções mostram a influência de Wright nos rumos da arquitetura no mundo inteiro”, assinalou o Departamento de Estado americano.

Veja também

+ Quarta parcela do auxílio sai hoje (14) para os nascidos em agosto

+ Cunhado de Maradona morre de Covid-19 na Argentina

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?