Meio Ambiente

Obra de Christo no lago Iseo ficará fechada à noite para manutenção

A instalação do artista búlgaro Christo sobre o lago Iseo, na Itália, já recebeu 270.000 visitantes desde sábado (18), levando a seu desgaste prematuro e à decisão das autoridades de fechá-la durante a noite.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira.

Celebrado por suas obras monumentais, Christo desenhou passarelas flutuantes no lago, ou “The Floating Piers”, recobertos de um tecido cor amarelo-dália.

Aberta ao público desde sábado, a obra deveria ficar acessível tanto de dia quanto de noite até 3 de julho, mas o intenso fluxo de visitantes forçou uma mudança de planos.

O prefeito de Brescia, Valerio Valente, anunciou à noite que, a partir de agora, “da meia-noite às seis horas, ela estará fechada ao público”.

“Essa decisão foi tomada após uma dupla demanda: da comuna de Monte Isola, que precisa de tempo para limpar a cidade; e da organização dos ‘Floating Piers’, que deve fazer operações de manutenção”, explicou Valente.

Mais cedo hoje, em entrevista à Rádio 24, o prefeito disse que “a obra está se desgastando mais rapidamente do que o previsto”.

Segundo ele, “270.000 espectadores produziram um desgaste da obra que equivale ao que o artista havia imaginado na metade da exposição. E isso torna, então, necessária uma intervenção com um remendo, ou uma substituição do tecido em alguns lugares”.

Além disso, completou, “o prefeito de Monte Isola tem exigências em termos de saúde pública, de limpeza da ilha, que não estão garantidas com a visita constante de milhares de pessoas”.

Na madrugada desta quarta, a obra já havia sido parcialmente fechada, entre as duas ilhas do lago ligadas pelas passarelas, para realizar a manutenção do tecido.

cco/plh/tt/lr

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Telefone de jornalista argentino roubado ao vivo em Buenos Aires

+ Mais de 200 escolas do Paraná vão virar colégios cívico-militares

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar