Lives

“O valor da sonegação de impostos no Brasil é o dobro da corrupção”, diz Simone Tebet em live da IstoÉ

“O valor da sonegação de impostos no Brasil é o dobro da corrupção”, diz Simone Tebet em live da IstoÉ

A senadora Simone Tebet, (MDB-MS), foi a convidada da entrevista ao vivo da revista Istoé nesta terça-feira (28). Na entrevista ao diretor de redação da publicação, a parlamentar falou sobre o Fundeb, que será votado nos próximos dias pelos senadores.

“Eu acho que talvez esta votação será uma das únicas coisas boas que aconteceram no Brasil em meio à pandemia sanitária. O Fundeb é grande fonte de financiamento para a educação básica ou ensino médio e fundamental no Brasil. Acho que é o único consenso dos últimos tempos”, avalia.

“Entre todos os erros do presidente da República, o mais grave é em relação a educação brasileira. Não se pode misturar ideologia com aquilo que é o passaporte para o futuro das nossas crianças e dos nossos jovens que é uma educação de qualidade. Isso só faz empobrecer o país imediatamente”, ressalta.

A senadora comentou sobre a chegada, em 18 meses, do terceiro ministro da Educação na Esplanada dos Ministérios, o pastor Milton Ribeiro.

“Errar é humano. Errar duas vezes é burrice. Não é possível errar três vezes”, disse. “Nós, no Congresso Nacional, estaremos ao lado do ministro, independentemente de religião, situação ou oposição. Nós não temos mais tempo, tem que dar certo de qualquer forma. Essa situação da educação é triste para nosso país”, entende.

“Nós não podemos esquecer que a pandemia sanitária pegou todos de surpresa, não é à toa que se chama pandemia global que atingiu o mundo e nós percebemos que estamos mirando o inimigo errado. Ele é único, invisível é mortal. Se polarizou um tema que não não poderia ser a politizado. Não é uma questão de saúde ou economia, que são dois lados da mesma moeda, chamada aqui no caso de vida”, afirma.

Com os olhos no cenário político, a senadora afirma: “Eu diria que essa crise sanitária está levando o país a uma convulsão social. Ao lado dessa pandemia sanitária, estamos vivendo uma pandemia política, um vírus da política brasileira e contra qual a gente não consegue produzir vacina. Nem mesmo as urnas, que é uma grande vacina na democracia, é capaz de criar esses anticorpos da política. Às vezes, é a política prejudicando o país. Isso tem que acabar”, diz.

Quando a pauta é economia, a senadora avalia que o Coronavaucher quebrou preconceitos que se tinha, por exemplo, com o Bolsa Família e que a ajuda de R$ 600,00 não faz a diferença só para aqueles que não têm alimento na mesa, mas mostrou que os recursos são necessários para alavancar a economia brasileira. O problema, segundo ela, é que o país não comporta uma questão fiscal orçamentária e continuar por muito tempo com a ajuda emergencial.

“O governo vai ter que imediatamente entrar em agosto com projeto no Congresso Nacional de uma renda básica para que possa ser analisada discutida e votada. Vamos ter que discutir esta questão com muita responsabilidade, sem populismo e sem demonizar o que a gente chamava de Bolsa Família. Acho que a pandemia mostrou também esse lado, que dá para colher frutos e que Bolsa-Família não é esse vilão que as pessoas diziam”, sinaliza.

Sobre a reforma tributária, que governo vai encaminhar ao Congresso, a senadora afirma que qualquer que seja reforma tributária que venha com aumento de impostos não passará no Congresso.

“Estamos diante de uma crise de tal monta que ou nós atacamos a mãe de todas as reformas, a tributária, ou o Brasil vai sucumbir”.

“Não adianta passar um batom na CPMF que vamos achar que a moça é bonita. Não é assim. Este é um Congresso que está antenado com essa questão”, finaliza. “O brasileiro paga muito e de forma injusta. O governo arrecada muito e arrecada mal. “O valor da sonegação de impostos no Brasil, 500 milhões de reais, é o dobro da corrupção.

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar