Esportes

‘O trabalho não está terminado’, diz LeBron ao levar Lakers à final da NBA

Depois de brilhar na vitória no jogo 5 dos playoffs e fechar a série em 4 a 1 sobre o Denver Nuggets, garantindo assim o Los Angeles Lakers na final da NBA dez anos após o último título da equipe no torneio americano de basquete, o ala LeBron James afirmou no sábado que o time da Califórnia está “de volta ao lugar que pertence”, mas ressaltou que para o trabalho não terminará até ganhar o campeonato.

“Para mim, pessoalmente, o trabalho não está terminado. Tenho muito orgulho de fazer parte desse time e por ele estar de volta ao lugar que pertence, que é disputar campeonatos (…) É por isso que eu vim “, disse James após a vitória sobre o Nuggets por 117 a 107 e na qual brilhou ao marcar triplo-duplo (27º em playoffs) de 38 pontos, 16 rebotes e 10 assistências, além de acertar quatro arremessos nos minutos finais do quinto jogo da série, quando o adversário ameaçava virar o placar.

“Eu queria recuperar o fôlego depois de uma série difícil contra um dos times mais respeitáveis contra os quais já joguei nos playoffs”, declarou ao chegar pouco depois dos companheiros à cerimônia de entrega do troféu de campeão da Conferência Oeste, diante das arquibancadas vazias da quadra da Disney World.

O atacante acrescentou que também pensou em seus companheiros que vão disputar a final pela primeira vez, principalmente Anthony Davis, e seus próximos adversários, que estarão no time vencedor da série entre Miami Heat e Boston Celtics.

“Também comecei a pensar na minha carreira (na NBA). Tudo o que aconteceu na minha cabeça quando o confete caiu no chão”, afirmou.

‘King James’ também lembrou de Kobe Bryant, o lendário ex-jogador do Lakers que morreu no início deste ano em um acidente de helicóptero, após o qual LeBron prometeu continuar seu legado de vitórias em Los Angeles.

“Toda vez que você veste o roxo e o dourado (cores do uniforme do time de Los Angeles), você pensa no legado dele e no que isso significou para essa franquia por mais de 20 anos”, destacou James.

“Os nossos jogos são diferentes por conta do envolvimento e da vontade de ser o melhor e não perder (…) sou um dos poucos que consegue perceber o envolvimento dele com o jogo e o seu percurso desde o colégio até à NBA”, afirmou o jogador que vai disputar sua 10ª final do torneio, do qual foi campeão três vezes (duas pelo Miami Heat e uma com o Cleveland Cavaliers).

O atacante, que completa 36 anos em dezembro, lamentou que a idade e a experiência não o tenham ajudado a aproveitar mais essas conquistas.

“Tudo acontece tão rápido e minha mente está tão envolvida na jornada que é difícil para mim apreciar o que conquistamos”, reconheceu. “Sempre fui assim.”

gbv/gma/lca

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ Mulher sobe de salto alto montanha de 4 mil metros

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar