ISTOÉ Gente

“O poder nunca vai me corromper”, diz Angélica da possibilidade de ser primeira-dama

Crédito: Reprodução Instagram

Angélica deu uma entrevista à revista Ela, do jorna O Globo, e falou sobre a possibilidade de se tornar primeira-dama do país, caso seu marido, o apresentador Luciano Huck, se candidate à presidência do Brasil em 2022.

“Não planejo, sonho ou quero isso. Se acontecer será por causa do meu marido, que vai decidir isso ou não, eu vou apoiá-lo. E a responsabilidade, que para algumas pessoas poderia ser mais assustadora, para mim vai ser menor porque sempre convivi com essa responsabilidade para com o público. O poder nunca vai me corromper. Imagina poder maior do que estar na televisão desde os quatro anos?”, disse a comunicadora.

Ela também disse quanto a pandemia do coronavírus transformou a vida de todos: “Quando o isolamento social foi decretado, já estava preparada. A diferença é que eu podia sair se quisesse, e estava vivendo a vida com os meus filhos, buscava na escola”, concluiu.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+ Receita fácil de pão sírio de micro-ondas da Ana Maria Braga

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Mulher sobe de salto alto montanha de 4 mil metros

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago