Cultura

O peso da fantasia

Responsável pela saga de ‘Game of Thrones’, George R.R. Martin se vê preso pelas expectativas criadas em torno de sua obra

Crédito: PHILIPPE MERLE

COBRANÇA Os fãs querem saber quando Martin concluirá “As Crônicas de Gelo e Fogo”. Ele prometeu sete livros, mas só terminou cinco (Crédito: PHILIPPE MERLE)

Por inúmeros parâmetros, “Game of Thrones” é a saga de ficção mais popular da atualidade. Os primeiros cinco livros que compõem “As Crônicas de Gelo e Fogo”, iniciada em 1996, já venderam mais de 85 milhões de exemplares e foram traduzidos para 47 idiomas. As sete temporadas da série “Game of Thrones”, produzida pela HBO, foram ao ar em 170 países e ganharam 255 prêmios, incluindo 47 Emmys. O autor, o americano George R.R. Martin, já prometeu dois novos volumes para concluir a saga literária, mas os fãs aguardam pela continuação de “A Dança dos Dragões”, o título mais recente, desde 2011. Sob o peso da enorme expectativa, Martin deixou os livros prometidos de lado e resolveu mergulhar em outro aspecto do mundo que criou em “Fogo & Sangue”, volume que a Suma de Letras coloca nesta semana nas livrarias.

CONQUISTADORA Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) tenta recuperar o prestígio de sua família em “Game of Thrones” (Crédito:Divulgação)

“O seriado se tornou tão popular ao redor do mundo, e os livros foram tão bem recebidos, que cada vez que eu sento para escrever tenho consciência de que preciso fazer algo incrível. E fazer algo incrível é um peso considerável para carregar”, disse Martin em entrevista ao jornal inglês “The Guardian”. O lançamento de “Fogo & Sangue” é uma tentativa de aplacar a necessidade dos fãs por novidades ambientadas em Westeros, recurso que Martin já explorou antes, em “O Cavaleiro dos Sete Reinos”, ambientado 90 anos antes dos eventos da série. É uma fuga da responsabilidade que o próprio autor se impôs ao mergulhar numa trama mais complexa a cada volume.

Embora a série de TV tenha ultrapassado os livros, muitos ainda querem saber como essa história acabará. E querem ler a conclusão nas palavras de Martin, não dos roteiristas da HBO. Há uma riqueza de detalhes nos livros intransponível para a televisão, por mais cara que a produção de uma temporada de “Game of Thrones” seja. Essa expectativa tem afetado a capacidade do autor de concluir os volumes prometidos. Mas ele garante que finalmente vai encarar o desafio. “‘Winds of the Winter’ será meu próximo livro”, disse ao “Guardian”. “Só depois de terminá-lo vou partir para outro projeto”.

“Cada vez que eu sento para escrever tenho consciência de que preciso fazer algo incrível” George R.R. Martin, escritor

Passado 

Se “As Crônicas de Gelo e Fogo” mostram a tentativa de Daenerys Targaryen (vivida na série por Emilia Clarke) de retomar o poder sobre o continente de Westeros, o novo livro retrata o passado glorioso de sua família, quando reis como Aegon inspiravam admiração e terror em seus súditos. Escrito como um tomo de história, ele começa com as conquistas de Aegon, responsável por unir todos os reinos com a ajuda de dragões, e aborda todos os reis Targaryen que subiram no Trono de Ferro. Quem espera o mesmo tom dos livros anteriores pode ficar um pouco decepcionado com o ritmo mais lento. Aqui, Martin assume a voz de um meistre, como são conhecidos os membros do clero, detentores do conhecimento em seu mundo fantástico. Mas a quantidade de informações agradará aos fãs, sedentos para compreender em profundidade elementos apenas mencionados em livros anteriores.

Universo Expandido