Cultura

‘O Pequeno Príncipe’ é lançado em língua aimara


O Pequeno Príncipe, um dos livros mais vendidos e traduzidos no mundo, já pode ser encontrado em língua aimara pela primeira vez desde sua publicação original em francês há 73 anos, graças a tradução de um professor peruano de línguas andinas.

“Pirinsipi wawa” é o título em aimara do famoso conto infantil de Antoine de Saint-Exupéry, cuja tradução pela editora argentina Javier Merás é destinada a uma população de mais de dois milhões de indígenas dessa língua que vivem no Peru, Bolívia, Chile e Argentina.

“É a primeira vez que traduzimos para o aimara O Pequeno Príncipe, tomando como referência uma tradução do francês para o quéchua, o que me ajudou muito”, explicou à AFP Roger Gonzalo, professor da Pontifícia Universidade Católica do Peru e responsável pela versão aimara da obra.

O quéchua, a língua do império Inca e a mais falada nos Andes, guarda semelhanças linguísticas com o aimara, detalhou o tradutor.

A versão em aimara das aventuras interplanetárias do mais famoso menino de cabelos loiros reproduz as aquarelas de Saint-Exupéry publicadas na história original.

Gonzalo, de origem aimara, ressaltou que a tradução de O Pequeno Príncipe favorece os esforços para fortalecer a identidade da nação aimara, porque são poucas as obras literárias publicadas nessa língua.

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

ljc/mav/ja/mr/mvv

Veja também
+ Dublê de 28 anos morre ao tentar recorde com manobra de moto
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago