Cultura

‘O Nó do Diabo’ faz horror com ousadia

Cinco contos de horror costuram uma narrativa que se passa há dois séculos, em uma fazenda canavieira. Marcas de um passado sombrio estão pelas paredes do local, mesmo que ninguém perceba. Coisas estranhas começam a acontecer e a morte torna-se cada vez mais evidente.

O Nó do Diabo

(Brasil/2018, 124 min.)

Dir. de Ramon Porto Mota, Gabriel Martins. Com Fernando Teixeira, Isabél Zuaa, Tavinho Teixeira

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.