O estresse e suas consequências durante a introdução alimentar

Crédito: Pixabay

(Crédito: Pixabay)


Um ambiente ideal para fazer as refeições é sem dúvida aquele harmônico e tranquilo. Onde é possível conversar, olhar nos olhos, trocar experiências do dia a dia, falar e ser ouvido. Onde se tem calma para fazer o próprio prato a partir das opções servidas, onde é possível comer devagar aproveitando não só a companhia como o próprio sabor do alimento. 

O prazer de se sentar à mesa e desfrutar esse momento com a família é tão importante quanto o valor nutricional que a refeição contempla. O estresse gera a liberação de determinados hormônios que em nada ajudam na absorção e assimilação dos nutrientes ingeridos.

REVELADO! Conheça o guia de alimentação ideal para seu filho!

Alguns estudos mostram que o estresse está diretamente relacionado a riscos cardíacos, dificuldade de concentração, baixa na resistência do organismo, propiciando o aparecimento de outras doenças como asma, alergia e algumas doenças gastrointestinais.

A rotina estressante durante as refeições, faz com que as crianças criem um registro emocional desagradável desse momento, e consequentemente sofram estresse também, o que os coloca em situação de risco para todos os males descritos acima. 


+ Pastor é processado por orar pela morte de Paulo Gustavo
+ Vídeo: Aluno é flagrado fazendo sexo durante aula da UFSC
+ Ao preço de US$ 1.600 por kg, carne Ozaki é a mais cara do mundo



Comer rápido demais faz com que o cérebro não tenha tempo de registrar e de se preparar para a digestão. Dessa forma os nutrientes não são aproveitados de forma eficiente.

Por isso é tão fundamental cuidar e se atentar para a dinâmica alimentar da sua família desde as primeiras comidinhas do seu bebê. Quanto mais calma e confiante a mãe estiver durante o processo de introdução alimentar, mais tranquilo e seguro estará o bebê.

Portanto, se você está começando a introdução alimentar do seu bebê, procure ajuda, informação e orientação para não entrar no estresse e acabar desandando o que pode ser uma experiência deliciosa. 

No meu curso Conexão Saúde – Introdução Alimentar esse e outros temas são abordados com muita leveza e praticidade, descomplicando a introdução alimentar.

Conheça agora o guia de alimentação ideal para seu filho

Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça
+ Gabriel Medina torna-se alvo de sites de fofoca
+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS


Sobre o autor

Nutricionista, Formada pela USU - Rio de Janeiro em 2003, especializada em alimentação infantil. Trabalha com crianças desde 1999, quando, ainda na faculdade, dava aulas de capoeira. Em 2013 estreou como apresentadora no canal GNT dos programas Socorro! Meu Filho Come Mal, Cozinha Colorida da Kapim e, em 2018, o Socorro! Meus Pais Comem Mal. Autora de 2 livros, homônimos dos programas, um deles com mais de 60 receitas para a família toda colocar a mão na massa. Kapim é mãe de dois adolescentes muito legais e que comem superbem, Sofia (15) e Antonio (13). Nesses mais de 20 anos trabalhando com crianças, já ajudou a transformar e melhorar os hábitos alimentares de milhares de famílias, sempre buscando uma conexão saudável entre todas as partes envolvidas: pais, filhos e o alimento.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.