Em Cartaz

O cotidiano dos pescadores

Crédito: Luiz Moreira

O fotógrafo Luiz Moreira, de 28 anos, documentou a atividade dos pescadores em Portugal como forma de expressar a fragilidade das relações humanas. O resultado é a exposição “Porta do Mar”, com 19 painéis em grande escala em papel algodão. As imagens, segundo ele, resultam da observação dos conflitos, resumidos no movimento da água. “Os fluxos e refluxos do oceano nos dão e nos tomam”, diz Moreira. “Eles pegam e devolvem num ciclo contínuo e secular.” Gabriel Wickbold Studio &Gallery (SP), de 20/7 a 20/08.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel