Em Cartaz

O colo literário de Carpinejar

Crédito: Divulgação

Fabrício Carpinejar começou a escrever “Colo, por favor! Reflexões em Tempos de Isolamento” quando percebeu que a pandemia ultrapassaria as fronteiras da Europa e chegaria ao Brasil. Segundo o autor, as crônicas e poemas são remédios literários para “domesticar o medo e suportar a saudade.” O livro publicado pela editora Planeta traz aforismos e ensaios sobre sentimentos como a solidão, o medo e a esperança. “Nunca as varandas foram tão frequentadas. Com o resguardo diante da pandemia, elas se tornaram uma espécie de calçada da família”, retrata, em um trecho. O autor tem mais de 40 livros publicados e já ganhou duas vezes o prêmio Jabuti.

 

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel