Em Cartaz

O colo literário de Carpinejar

Crédito: Divulgação

Fabrício Carpinejar começou a escrever “Colo, por favor! Reflexões em Tempos de Isolamento” quando percebeu que a pandemia ultrapassaria as fronteiras da Europa e chegaria ao Brasil. Segundo o autor, as crônicas e poemas são remédios literários para “domesticar o medo e suportar a saudade.” O livro publicado pela editora Planeta traz aforismos e ensaios sobre sentimentos como a solidão, o medo e a esperança. “Nunca as varandas foram tão frequentadas. Com o resguardo diante da pandemia, elas se tornaram uma espécie de calçada da família”, retrata, em um trecho. O autor tem mais de 40 livros publicados e já ganhou duas vezes o prêmio Jabuti.

 

Veja também
+ Joice Hasselmann aparece com fraturas e diz acreditar ter sido vítima de ‘atentado’
+ Pintor é expulso de rodízio por comer 15 pratos de massa; assista
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago