ISTOÉ Gente

‘Nunca fiz mal a ninguém. Só era piranha’, desabafa Deborah Secco

‘Nunca fiz mal a ninguém. Só era piranha’, desabafa Deborah Secco

A atriz Deborah Secco concedeu uma entrevista ao jornalista Leo Dias, do jornal Metrópoles, e falou sobre uma parte de seu passado, sobre a sexo e que se considera feminista.


+ Voltz lança triciclo elétrico voltado a entregas; conheça o Miles
+ Pedra extraterrestre traz primeiras pistas de supernova para a Terra
+ FGTS: Saque de R$ 1.000 pode ser barrado mesmo com saldo; saiba em quais condições
+ Faça chocolate quente com uísque e mande o frio embora
+ ‘Horripilante’, diz mulher após pagar R$ 1,7 mil em procedimento para sobrancelha

“Eu nunca fiz mal a ninguém. Eu só era piranha. E [ser] piranha hoje está na moda. Eu nunca fiz por dinheiro. Eu gosto de transar, de ter orgasmos”, disse.

“Eu era uma feminista antes do feminismo virar moda!”, completa, em um teaser lançado nessa terça-feira (17).