Economia

Número de fusões e aquisições no País cai 29% no 1º semestre, diz PWC

A crise política no Brasil afetou o número de fusões e aquisições no País no primeiro semestre do ano, que despencou 29% em relação ao mesmo intervalo do ano passado, segundo dados da PWC. Ao todo, de acordo com o relatório, foram concretizadas 287 negociações nos primeiros seis meses deste ano.

O sócio da PwC, Rogério Gollo, afirma que, apesar desse cenário de insegurança que dominou o primeiro semestre, as negociações que estavam engavetadas estão sendo retomadas. “A expectativa é que muitos acordos sejam concretizados nos próximos meses, fazendo com que o mercado atinja os mesmos patamares de 2015, em que foram realizados 742 negócios”, diz.

Do total das transações, o setor de Tecnologia da Informação representou 19% do total, de acordo com dados da PwC. Já o setor de Serviços Auxiliares ficou com 11% do total e o Financeiro com 9%.

Veja também

+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel