Mundo

Itália tem menor número de mortos por coronavírus em 24 horas

Crédito: AFP

Força armada da Itália em frente ao Teatro de Marcelo de Roma (Crédito: AFP)

A Itália, o país mais afetado do mundo pela epidemia de COVID-19, registrou nesta quarta-feira (08) novos números encorajadores, especialmente uma diminuição do número diário de mortes e de pacientes em terapia intensiva.

As 542 novas mortes registradas nesta quarta-feira, com um total de 17.669, representam uma redução em relação à terça-feira, quando foram registradas 604 mortes em 24 horas, e à segunda-feira (636).

O número de pacientes em UTIs, 3.693, continua diminuindo pelo quinto dia consecutivo e está agora no nível de 26 de março, de acordo com o balanço divulgado pela proteção civil.

Da mesma forma, o número de pessoas curadas atingiu 2.099 “um recorde” em 24 horas, destacou Angelo Borrelli, chefe da proteção civil.

A região mais afetada continua sendo Lombardia, com mais da metade das mortes italianas, 9.722 e mais de 53.000 casos, enquanto toda a península registra até o momento 139.422 casos.

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

Apesar destes sinais encorajadores, os responsáveis pedem prudência e que não desistam do esforço, respeitando as regras de confinamento e de distanciamento social.

“A única arma que temos é o distanciamento social e o respeito às normas. Não devemos pensar que vencemos a batalha. A situação é e continua sendo grave, não podemos subestimar”, concluiu o ministro da Saúde, Robert Transpercé.

jumel/ng/mm/mab/mbaa

Veja também

+ Luísa Sonza abre jogo sobre comentários machistas que recebe na internet

+ Marcos sai em defesa de Marcelinho e questiona Casagrande: ‘Que democracia é essa?’

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Simaria posa com vestido sensual e arranca suspiros

+ Namorada de Marco Verratti exibe fotos sensuais

+ Lívia Andrade posa de fio dental

+ Google permite ver animais em 3D com realidade aumentada

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?