Mundo

Novo protesto termina em confusão em Hong Kong

HONG KONG, 19 JAN (ANSA) – Um novo protesto registrado em Hong Kong neste domingo (19) para exigir uma reforma eleitoral e um boicote ao Partido Comunista da China terminou em confronto entre manifestantes e a polícia. De acordo com informações locais, dois agentes foram agredidos por militantes quando a polícia ordenou a dispersão do ato previamente autorizado. A decisão foi tomada após diversas pessoas mascaradas atacarem garrafas de água e tinta nas autoridades. Os agentes tiveram que lançar gás lacrimogêneo para dispersar a multidão. Foram registradas prisões, mas o número de detidos não foi divulgado.   

Hong Kong é palco de protestos desde junho de 2019, quando milhares de cidadãos foram às ruas contra um projeto de lei de extradição, já retirado pelo governo. (ANSA)