Brasil

Novo estudo diz que grupo sanguíneo A aumenta risco de coronavírus

Crédito: POOL/AFP

Novo estudo diz que grupo sanguíneo A aumenta risco de coronavírus (Crédito: POOL/AFP)


Um estudo apontou que pessoas do tipo sanguíneo A tem 50% mais chances de necessitar de ajuda respiratória ao ser infectado pelo no coronavírus. Já as do tipo O tem 35% menos riscos, conforme publicação na revista norte-americana New England Journaul of Medicine (NEJM).

+ Estudo britânico irá expor deliberadamente voluntários ao coronavírus
+ Estudo identifica fator que torna variante do coronavírus mais contagiosa
+ Estudo italiano diz ter achado coronavírus em amostra de 2019

O trabalho foi desenvolvido por médicos de sete hospitais italianos e espanhóis, que trabalham em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Os profissionais constataram que o grupo sanguíneo é um dos agentes que pode agravar o estado de infecção causado pelo vírus.

Quase 2 mil pacientes hospitalizadas nas UTIs com Covid-19 foram comparadas com 2.205 pessoas sem a doença. Após a confrontação, os médicos notaram que o grupo sanguíneo pode ser um fator que aumenta ou diminui as possibilidades de agravamento no estado de saúde.

“Obteve-se em menos de dois meses de toda a informação necessária para avaliar os resultados e compará-los com um grupo de controle de 2.205 indivíduos saudáveis. Assim, identificou-se uma maior frequência de 26 variantes genéticas nos pacientes afetados por insuficiência respiratória em comparação com o grupo controle não infectado, e duas delas em particular, localizadas nos cromossomos 3 e 9, mostraram uma potente associação com a gravidade”, explicam os autores.

“Os resultados deste estudo permitem avançar na identificação dos pacientes de maior risco que necessitarão de internação em UTI, assim como conhecer melhor a fisiopatologia da doença mediante a identificação destes genes implicados”, explica Ricard Ferrer, presidente da Sociedade Espanhola de Medicina Intensiva, Crítica e Unidades Coronárias (SEMICYUC).

As outras unidades de saúde que participaram do trabalho são a Clínic (Barcelona), o Universitário Ramón y Cajal (Madri) e o Universitário de Donostia (San Sebastián).

“Investigações anteriores haviam indicado que fatores como a idade e doenças crônicas como diabetes e hipertensão, assim como a obesidade, aumentam o risco de desenvolver casos graves de covid-19. Entretanto, esse estudo demonstra a possibilidade de identificar pessoas mais vulneráveis ao desenvolvimento de doença grave com insuficiência pulmonar por causa do coronavírus, segundo suas características genéticas, o que possibilita identificar grupos de risco que necessitem de proteção especial e desenvolver tratamentos personalizados”, disse em nota o Ministério da Ciência da Espanha.

“Este estudo europeu colaborativo foi o primeiro a identificar fatores genéticos que aumentam o risco de desenvolver insuficiência respiratória em pacientes com covid-19. Entretanto, não é o único a investigar nesta linha, já que existem diferentes consórcios internacionais cujo objetivo é identificar características genéticas de risco da Covid-19. Desta maneira, futuros estudos permitirão aprofundar estes resultados”, completa o ministério.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio

Tópicos

Como deve proceder caso a gestante sinta os sintomas do coronavírus? Como deve ser feita a limpeza de superfícies para evitar o coronavírus (COVID-19)? Como é o nome oficial da doença causada pelo COVID-19? Como fazer a limpeza e descontaminação de objetos e utensílios em casa para prevenir o Covid-19? Como lavar a roupa de uma pessoa com a doença do coronavírus? Como limpar celulares para evitar contaminação do COVID-19? Como o organismo da gestante reage diante da COVID-19? Como ocorre a transmissão do novo coronavírus? Como posso ter acesso ao TeleSUS? Como preparar a minha empresa para um eventual caso de COVID-19? Como prevenir COVID-19 no ambiente de trabalho? Como será feito o acompanhamento do progresso do coronavírus durante a retomada? CORONAVÍRUS Covid-19 Devo deixar as janelas sempre abertas se tiver alguma pessao com doença do coronavírus? É seguro receber um pacote de qualquer área em que a COVID-19 tenha sido relatada? O que devo fazer se uma pessoa tossir ou espirrar do meu lado para prevenir o COVID-19? O que fazer se eu ficar doente de COVID-19? O que posso fazer para proteger meu filho e evitar a propagação do COVID-19? O que significa uma pandemia? Pessoas devem interromper ou modificar seus tratamentos se tiverem coronavírus (COVID-19? Podemos usar todos os antitérmicos para o controle da febre do COVID-19? Posso consumir carne de porco se estiver com COVID-19? Quais as diferenças dos sintomas da COVID-19 e gripe/resfriado? Quais devem ser os cuidados com os bebês para evitar COVID-19? Quais hábitos podem me ajudar a superar pandemia do COVID-19? Quais são as complicações da COVID-19? Quais são os principais cuidados para evitar a contaminação familiar de COVID-19? Qual é a síndrome gripal dos casos suspeitos de COVID-19? Qual é o tempo de incubação do coronavírus? Quando foi descoberto o novo coronavírus COVID-19? Quanto tempo o coronavírus permanece ativo em diferentes superfícies? Tenho que parar de tomar alguma medicação por conta do novo coronavírus (COVID-19)? tipo A tipo O tipo sanguíneo