Agronegócio

Novo Conselho Diretor da BSCA toma posse para mandato até 30 de novembro de 2022

São Paulo, 2 – Os novos conselheiros diretores e fiscais da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) tomaram posse na terça-feira, 1º de dezembro. Eles foram eleitos pelos membros da entidade, em reunião virtual realizada no dia 19 de novembro, informa a BSCA, em comunicado.

O novo Conselho Diretor da BSCA, que tem mandato até 30 de novembro de 2022, é formado por Carmem Lucia Chaves de Brito, Ubion Terra Santos, Gabriel Alves Nunes, João Carlos Schmolz de Mattos, Henrique Leivas Sloper de Araújo, Marcelo Weyland Barbosa Vieira e Cristiano Carvalho Ottoni, além do presidente e do vice da Associação, respectivamente Guilherme Salgado Rezende e Henrique Dias Cambraia, cujos mandatos se estendem por mais um ano.

Como primeira atribuição, os novos conselheiros diretores confirmaram a continuidade do trabalho de uma das principais lideranças da cafeicultura brasileira, Vanusia Nogueira, como diretora executiva da BSCA ao longo do próximo biênio.

Já a nova composição do Conselho Fiscal tem Artur Queiroz de Sousa, Lauro Araujo Re e Marcelo Flanzer como membros efetivos e Thaís Renganeschi Staut, Luiz Eduardo Ferreira Melo e Gabriel Brito Miari como membros suplentes.

O mandato também é de dois anos, até 30 de novembro de 2022.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel