Edição nº2501 17.11 Ver edições anteriores

Novo abacaxi

JBS 1
Novo abacaxi

Divulgação

Uma fraude com muitos zeros caiu no radar da Receita Federal. Envolve negócios da JBS com forte suspeita de crime fiscal. Segundo as investigações, vendas da JBS Couros para outra empresa do grupo, incumbida da exportação de produtos acabados, registravam preços até 900% acima do mercado, inflando ganhos artificiais numa ponta e gastos na outra. Um dos indícios do esquema está na vertiginosa queda de receita da unidade depois que a Lava Jato apertou o cerco sobre a família Batista. O faturamento da JBS Couros despencou de R$ 680 milhões em 2016 para (projetados) R$ 150 milhões esse ano.

JBS 2
Pressão externa

Quem deu o alerta para o golpe foi uma auditoria internacional, contratada por exigência de compradores estrangeiros, preocupados com possíveis danos de imagem decorrentes dos escândalos envolvendo a JBS. Um deles foi a italiana Alfa Romeu. Os auditores levantaram evidências da falcatrua, mas não assinaram o relatório final por discordarem de modificações exigidas pela empresa brasileira no texto do documento.

Previdência Social
Leva fé

Sinalizando estar de vez com a saúde em dia, Eliseu Padilha imprimiu ritmo em sua agenda na Casa Civil. Muito papo, por exemplo, com o deputado Arthur Maia (PPS-BA), relator da reforma da Previdência. O Planalto quer a votação da matéria no mês que vem. Os 308 votos necessários para aprovação na Câmara não existem hoje, mas o líder do otimismo é Michel Temer. Há dias, ele saiu com essa em Brasília: “a princípio, tudo parece difícil para o governo. Disseram que não aprovaríamos o teto nos gastos e as reformas no ensino médio e a trabalhista. Conseguimos. Venceremos de novo”.  Pode ser.Mas é o placar da votação da segunda denúncia contra ele que balizará melhor o futuro das matérias de interesse do Executivo no Legislativo.

Trabalho
Cautela

Diante de incertezas com a CLT que vigora a partir do próximo dia 11, grandes grupos em negociação para renovação de acordos coletivos estão assegurando aos sindicatos, entre outras disposições, a não aplicação de regras da reforma trabalhista, principalmente a terceirização plena da atividade-fim. Há certo temor de criação de passivos diante de pontos polêmicos da nova lei. Nesse diálogo estão a Vale, a Petrobras e a Toyota.

Indústria
Não caiu

Apesar da crise, o mercado de remédios para disfunção erétil se manteve firme nos sete primeiros meses do ano. As 44,1 milhões de unidades vendidas representaram 1,7% de alta, em relação a igual período do ano passado. A receita somou R$ 369,9 milhões. Segundo a consultoria QuintilesIMS, que audita o setor, dos oito medicamentos que mais saíram das prateleiras das farmácias, sete eram genéricos.

Meio ambiente
Olho no nível

O sistema Cantareira tem hoje mais água em estoque do que nessa mesma época na véspera da crise hídrica. Porém, como seguro morreu de velho, os técnicos do comitê da bacia do PCJ (rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí), que abrange 76 municípios de São Paulo e Minas Gerais, deveriam retirar menos do sistema, segundo especialistas no assunto. Uma redução sugerida alcança o reservatório de Jaguari: dos atuais 2,5m por segundo para 0,5m. Essa economia é suficiente para abastecer cerca de 600 mil pessoas.

Relações Internacionais
Plano de voo

O governo está tão certo de que vai barrar a acusação por organização criminosa e obstrução de Justiça contra Michel Temer no Legislativo, tal como ocorreu na primeira denúncia, que o Itamaraty começou a trabalhar na semana passada numa série de viagens do presidente ao sudeste asiático. No roteiro Vietnã, Singapura, Malásia, Indonésia e Timor Leste, na primeira quinzena de janeiro. No mesmo mês, ele também irá ao Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. Para 2017 não há previsão de compromissos no exterior, pelo contrário, a agenda internacional reserva apenas encontro em Brasília, dia 30, com o presidente boliviano, Evo Morales.

Saúde
Pré-desastre

Nimon_t

Está patinando em todo o País a entrega de remédios pelo SUS para quem se submeteu à cirurgia de transplante de órgãos – cerca de 100 mil pessoas que receberam coração, fígado, rim, pâncreas ou pulmão. Sem os medicamentos a morte é certa, segundo médicos que atuam na área. As maiores faltas estão no fornecimento de ciclosporina, tacrolimus e micofenolato. É comum o paciente ingerir até cinco remédios por dia. O consumo irregular também acarreta problemas graves de saúde. Em São Paulo e Santa Catarina ocorrem as maiores falhas no fornecimento.

Lazer
Baixa na clientela

Oitavo mercado no mundo, a TV por assinatura perdeu cerca de um milhão de assinantes esse ano no Brasil. Não é apenas efeito da migração de pessoas para concorrentes como a Netflix ou a Globoplay. É gente cortando mesmo o serviço, em função da necessidade de diminuir despesas domésticas. Uma análise sobre o perfil do setor ainda assim traz curiosidades, como a Netflix ter crescido a tal ponto que ocupa o segundo lugar no ranking, ultrapassando a Sky.

Veículos
Zerou o estoque

Lançado na sexta-feira 20, em São Paulo, o Chevrolet Equinox entrou acelerado no Brasil. As 350 unidades trazidas do México foram vendidas previamente. O resultado animou a GM, que planeja brigar pela liderança da maior fatia do segmento de SUVs no País, que inclui modelos que variam de R$ 130 mil a R$ 160 mil. O carro da montadora na versão única Premier custa R$ 149.990. Até o final do ano serão importadas mais 1.500 unidades.

Política
Vapt-vupt

Paulo Câmara (PSB) quer se reeleger governador de Pernambuco. Assim que o Ministério do Trabalho divulgou o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados de setembro, na semana passada, marqueteiros a serviço do Palácio das Princesas espalhavam, dentro e fora do estado, que Pernambuco ficou com o primeiro lugar, na geração de empregos (13.992 novos postos de trabalho). Câmara é o herdeiro político de Eduardo Campos.

Brasil
Parto político

Jales Valquer

Não é fácil a vida de Geraldo Alckmin. Além de enfrentar as peraltices de João Dória no desejo de virar presidente e ver o encrencado Aécio Neves rachar o PSDB, o novo suspensório do governador é José Serra começando o movimento para concorrer ao Palácio dos Bandeirantes pela legenda. No ninho tucano já chocava o ovo da candidatura do cientista político Luiz d´Avila, genro de Abílio Diniz, sem esquecer o vice-governador Mário França (PSB), a quem Alckmin teria prometido apoio quando concorreu à reeleição. E a lista pode ainda crescer, já que estamos a nove meses e meio para a indicação oficial do partido.

Doces
Virou história

Em sua reunião de novembro, o Conselho Consultivo do Iphan deve aprovar o modo artesanal de fazer os doces de Pelotas (RS) como patrimônio imaterial brasileiro. A tradição, que tem mais de 200 anos, surgiu com a chegada de portugueses e africanos em nosso País. Na cidade são fabricados cerca de 10 milhões de unidades por ano. Confirmada a previsão, será o 42º registro do gênero no País.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2017 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.