Economia

Nos EUA, DoE corta previsão para crescimento da demanda global por petróleo


A Administração de Informação de Energia (EIA) do Departamento de Energia (DoE) dos Estados Unidos cortou em 60 mil barris por dia (bpd) a previsão para aumento da demanda global por petróleo em 2021, a 5,32 milhões de bpd. Com isso, o consumo mundial da commodity deve somar 97,5 milhões de bpd este ano, pelos cálculos da agência.

Para 2022, o órgão prevê expansão de mais 3,8 milhões de bpd, a 101,3 milhões de bpd. Antes, a estimativa aponta para crescimento de cerca de 3,5 milhões de bpd.

Entre os integrantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), a expectativa da EIA é de que a produção média fique em 25,3 milhões de bpd, praticamente estável em relação a março. “A EIA espera que a produção de petróleo bruto da Opep suba para 26,6 milhões bpd em maio. Esse aumento reflete a Arábia Saudita encerrando os cortes voluntários de 1,0 milhão bpd, juntamente com o relaxamento dos cortes que foram estendidos até abril na reunião da Opep+”, explica.

Quanto às cotações, a administração projeta que o barril do Brent ficará em US$ 58 na segunda metade de 2021, e US$ 59 em 2022.


+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ ‘Raça de víboras’: Andressa Urach critica seguidores que não acreditam em sua fé
+ “Fama e dinheiro vem cheio de desgraça”, desabafa Pedro Scooby



Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS