Brasil

No Twitter, Moro elogia Fux por suspensão do juiz de garantias

Pelo Twitter, o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, elogiou a decisão do vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, que suspendeu por tempo indeterminado a instauração da figura do juiz de garantias.

“Sempre disse que era, com todo respeito, contra a introdução do juiz de garantias no projeto anticrime. Cumpre, portanto, elogiar a decisão do ministro Fux suspendendo, no ponto, a Lei 13.964/2019”, tuitou Moro. Para o ex-juiz da Lava Jato, “não se trata simplesmente de ser contra ou a favor do juiz de garantias”, mas sim da necessidade de “grande estudo e reflexão” diante de uma proposta que causará uma “mudança estrutural da justiça brasileira”.

Veja também

+ Humvee está à venda pronto para as ruas (ou para a guerra)
+ Kawasaki Vulcan pode ganhar motor turbo da Ninja H2
+ Lordstown Motors lança picape elétrica Endurance nos EUA
+ Gracyanne Barbosa dança muito e encanta com rebolado
+ Honda lança concurso de customização da CB650R
+ A parceira de Elon Musk, Grimes está vendendo sua alma por US $ 10 milhões

A decisão de Fux derrubou a liminar do presidente do STF, Dias Toffoli, que havia suspendido a instalação do juiz de garantias por seis meses. Na ocasião, a decisão de Toffoli também havia sido alvo de elogios de Moro, que é publicamente contrário ao dispositivo do juiz de garantias.

Ainda nas redes sociais, o ministro da Justiça disse ser “complicado ainda exigir que o Judiciário corrija omissões ou imperfeições do texto recém aprovado, como se legislador fosse”. O pacote anticrime foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e manteve alguns textos acrescentados pelo Congresso que desfizeram parte das propostas originais vindas de Moro. Os novos trechos foram classificados por Moro como “equívocos da Câmara”.