Esportes

No Rio, Fluminense enfrenta o Atlético-MG e reencontra o antigo ídolo Fred

Por 90 minutos, Fred e Fluminense terão de esquecer a história vitoriosa que construíram com gols, vitórias e títulos. Três meses após o fim de uma relação de sete anos, o time tricolor encara o antigo ídolo, que agora defende o Atlético Mineiro, no confronto que será disputado nesta segunda-feira, às 20 horas, no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita (RJ), pela 24.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Além do simbólico reencontro, o jogo tem peso especial para os dois clubes, que almejam objetivos distintos. Com 34 pontos, o time tricolor busca uma vaga na Copa Libertadores, enquanto que o Atlético, com 42, tenta não se afastar do Palmeiras, líder da competição.

Pela forma como foi conduzida a negociação, com uma saída repentina e divergências, há a expectativa de como a torcida tricolor recepcionará o ex-camisa 9, com uma provocação do técnico Levir Culpi antes do duelo. “Não posso me colocar no lugar do torcedor, que se estivesse no lugar do Fred, poderia tomar a decisão do que fazer. Foi uma decisão profissional. Só que agora nós vamos torcer para ele errar tudo, torcer para não jogar bem. Por isso o futebol é bom. É do bem, pronto, é por aí. Agora, dentro de campo, vamos torcer para escorregar, errar tudo que é chute”, disse o treinador.

Acostumado a enfrentar Fred nos treinamentos entre titulares e reservas até junho, o goleiro Júlio César começará um jogo pela primeira vez na temporada. Titular em todos os jogos no ano, Diego Cavalieri sofreu uma lesão na coxa e desfalca pelas próximas rodadas.

A última vez que Júlio César atuou por 90 minutos foi em dezembro, na última rodada do Brasileirão de 2015, quando o Fluminense venceu o Figueirense por 1 a 0. Apesar do período sem jogos oficiais, o goleiro não acredita que terá dificuldades e disse que a atuação contra o Botafogo, quando entrou na metade do primeiro tempo, serviu para diminuir a pressão.

Além de Diego Cavalieri, Levir Culpi não conta com o volante Pierre, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Em seu lugar, Douglas deve ser o titular. O treinador cogita fazer outra mudança no time, com a saída de Henrique Dourado para a entrada de Samuel.