Comportamento

No primeiro encontro, britânicos devem perguntar… Sobre o Brexit

No primeiro encontro, britânicos devem perguntar… Sobre o Brexit

Entre os britânicos, Brexit é tema delicado do 1º encontro - AFP

Que tipo de pergunta deve ser feita em um encontro romântico? Um grupo de psicólogos aconselha os britânicos a se informarem, antes de tudo, sobre o que a outra pessoa pensa sobre o Brexit.

Em um país onde a saída da União Europeia divide profundamente a sociedade desde o referendo do 2016, no qual 52% britânicos votaram a favor do Brexit, “quanto antes você souber a opinião de seu companheiro, melhor”, diz Eric Robinson, da Universidade de Liverpool, em análise feita para o site de relacionamentos eHarmony.

O eHarmony pediu para Robinson e sua colega Michelle Tornquist criarem uma lista de temas para perguntar de cara e avaliar as possibilidades de sucesso de uma relação.

“Por que esperar de três a cinco encontros para se dar conta de que não são compatíveis?”, indaga Robinson, especialista em comportamento, que aconselha evitar a prudência nos papos do primeiro encontro, caso o que se deseje seja uma relação duradoura.

Entre as gerações jovens, “22% dos casais se separam devido às suas diferenças políticas”, relata, aconselhando também que se descubra as opiniões sobre assuntos como economia e meio ambiente.

Os pesquisadores da Universidade de Liverpool colocaram o Brexit entre as cinco grandes perguntas de um primeiro encontro.

As outras são: “você acha que alguém devolveria sua carteira, se a perdesse? Como foram suas últimas férias? Com o que você gasta a maior parte de seu dinheiro? Como passou o Natal e o Ano Novo?”.