Economia

No leilão da Cemig, Engie leva Miranda ao oferecer R$ 1,38 bi de outorga

A Engie também conquistou a usina Miranda em leilão de concessão de usinas atualmente operadas pela Cemig realizado nesta quarta-feira, 27 na B3. A companhia ofereceu uma proposta de R$ 1,38 bilhão de outorga pela hidrelétrica, o que corresponde a um ágio de 22,42% em relação ao valor mínimo de outorga, de R$ 1,11 bilhão.

Pouco antes, a mesma companhia já tinha levado a usina Jaguara.


A Enel também fez oferta por Miranda, de R$ 1,279 bilhão. Já a Aliança, joint venture entre Vale e Cemig, indicou que não tinha interesse pela usina.

A SPIC se retirou da proposta após conquistar a maior das usinas ofertadas nesta quarta: a de São Simão.

Miranda está localizada no Rio Araguari, em Minas Gerais, e possui 408 MW de potência.