ISTOÉ Gente

Neuropsicanalista faz análise sobre briga pública envolvendo Gabriel Medina e a mãe

Crédito: Reprodução/Instagram

'Não era amor', dispara mãe de Gabriel Medina sobre filho e Yasmin Brunet (Crédito: Reprodução/Instagram)

Todos os dias tem um novo capítulo do imbróglio familiar envolvendo Gabriel Medina e sua mãe, a empresária Simone Medina. Após sair na mídia que a matriarca teria rompido relações com o filho por questões financeiras, a polêmica é acompanhada diariamente pelo público.


+ Graciele Lacerda esbanja beleza com look decotado e declara: ‘Saindo para namorar’
+ Tartaruga empalada revela dado novo sobre o dia em que os dinossauros morreram
+ ‘Olho no espelho e gosto de mim’, diz modelo que teve 88% do corpo queimado
+ Ultimate Camper: conheça o trailer para viagens completo no estilo vintage

Desde então, Simone passou a deixar de seguir o surfista nas redes sociais, além de jogar indiretas publicamente e atacar a nora, a modelo Yasmin Brunet, a chamando até de atriz de filme pornô.

IstoÉ Gente conversou com a neuropsicanalista da USP Priscila Gasparini Fernandes, que fez uma análise sobre a conturbada relação entre mãe e filho e explicou como um tratamento psicológico pode ajudar a resolver o problema.

Questionada sobre o motivo de Simone Medina ter tomado a atitude de expor a briga publicamente e não resolver com filho no privado, a profissional disse: “Foi uma ação reativa, ela se sentiu ofendida e, como são pessoas famosas que expõem fatos em redes sociais, tentou mostrar a sua versão da história, mas a situação tomou uma proporção maior do que esperavam”.

“Quando existem problemas familiares, devemos resolver com dialogo e bom senso, sempre se colocando no lugar do outro, tentando ouvir o que o outro tem a dizer, sem se blindar em sua verdade, para tentar resolver de fato o problema e não potencializá-lo”.

A neuropsicanalista ainda ressaltou que, assim como alguns casais, mãe e filho também podem procurar ajuda num psicólogo. “Existe terapia familiar, onde os vínculos e atitudes de cada membro são trabalhados individualmente e depois colocado no contexto familiar, com todos presentes. Costuma ser muito benéfico, pois o psicólogo orienta e direciona a todos colocarem seus problemas e angustias para a família refletir e resolver as situações conflituosas”.

Essa confusão toda pode acabar interferindo na carreira do surfista, segundo Gasparini. “Acredito que a briga entre Gabriel Medina e sua mãe pode afetar sua carreira, pois o público muitas vezes toma partido de um dos lados, como se pudesse participar e opinar sobre a situação, e acaba punindo o lado que acredita estar errado, deixando de admirar, como se fosse algo pessoal. Geralmente famosos tem este tipo de problema por terem a vida muito exposta”.

Priscila finalizou explicando como a psicologia pode ajudar a resolver uma briga familiar. “É muito comum nas famílias haver conflitos, divergências de pensamentos, situações de stress, o que muda de uma família para outra é a forma com que lidam com estas questões. O adequado seria estruturar um dialogo para resolução dos problemas, conseguindo ouvir as partes, fazendo com que todos manifestem suas questões, com educação, respeito e cordialidade, para que possam efetivamente resolver a questão de uma forma satisfatória para todos. Exercitando a reflexão, a autoanálise, o perdão, e o espirito de união da família.

“Sempre orientamos olhar a situação do outro e se colocar no papel dele para que possa realmente sentir o que ele está relatando, para termos uma visão do todo e não só uma visão fragmentada unilateral da situação. Devemos respeitar os papeis de cada um do grupo, o amadurecimento de cada um, o crescimento pessoal e profissional, sempre priorizando o bom senso e o respeito. As famílias devem ter o habito do diálogo, serem mais próximas, mais unidas e com um relacionamento mais franco e carinhoso.”