Farol ISTOÉ

Neonazista eleito em aldeia alemã

Crédito: AFP

A administração da aldeia alemã de Waldsiedlung, comunidade perto de Frankfurt, no estado ocidental de Hesse, elegeu por unanimidade o membro do partido neonazista, Stefan Jagsch, como chefe do conselho local. Jagsch foi eleito, na semana passada, pelo conselho de sete membros porque era o único interessado em assumir o cargo. Apesar disso, sua escolha foi condenada por representantes de vários partidos, como o Democrata-cristão (CDU), de Angela Merkel, o Social-democrata (SPD), de centro-esquerda, e o liberal Democrata Livre (FDP). O partido de Jagsch, o Partido Nacional Democrata (NDP), foi denunciado, há dois anos, pelo tribunal constitucional alemão por sua semelhança com o partido nazista de Adolf Hitler. “O SPD tem uma posição muito clara: não cooperamos com nazistas! Nunca! Isso se aplica nos níveis federal, estadual e comunitário”, escreveu o secretário geral do SPD, Lars Klingbeil, no Twitter. “A decisão em Altenstadt é incrível e não pode ser justificada. Deve ser revertida”.

Tópicos

Neonazista