Geral

“Nenhum filho meu manda no governo”, diz Bolsonaro após crise com Bebianno

Crédito: NORBERTO DUARTE / AFP

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) esteve com um grupo de jornalistas para um café da manhã no Palácio do Planalto. Durante o evento, ele lamentou o vazamento dos áudios de conversas com Gustavo Bebianno, ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência, e declarou que seus filhos não mandam no governo. As informações são do UOL.

“Nenhum filho meu manda no governo. Não existe isso”, afirmou o presidente. Ele ainda disse que as declarações públicas de seu filho Carlos Bolsonaro relacionadas ao governo agora passam por sua aprovação.

O presidente ainda disse que o fim da relação com Bebianno foi como um “casamento que infelizmente prematuramente se desfez”. O ex-ministro foi demitido após revelações feitas pelo jornal Folha de S. Paulo de supostas candidaturas laranja do PSL. Dias depois, Bebianno afirmou que tinha conversado com Bolsonaro três vezes e foi desmentido publicamente por um dos filhos do presidente, mas as conversas foram vazadas para jornais logo após a demissão do ex-ministro.