Nem Lula nem Bolsonaro. Vamos, Brasil! Dá para escapar da forca e da fogueira

Nem Lula nem Bolsonaro. Vamos, Brasil! Dá para escapar da forca e da fogueira

Não se trata mais de tendência, mas de fato consumado. Jair Bolsonaro, o verdugo do Planalto, já era. Só o milagre dos milagres, o cataclisma dos cataclismas ou um golpe de Estado (que se sustente!) impedirão sua queda vexatória ano que vem.

Se a eleição presidencial fosse hoje, o psicopata golpista homicida perderia para os cinco pré-candidatos pesquisados em um eventual segundo turno. A grande derrota se daria contra o meliante de São Bernardo, Lula da Silva, por 32% a 51%.

Mas não é só. Além de perder também para Ciro Gomes (32% a 44%) e Sergio Moro (30% a 36%), o amigão do Queiroz perderia para João Doria, Luiz Mandetta e – ufa! – o pouco conhecido (e ótimo!) Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul.

Dada a ótima notícia, agora vamos à péssima: o ex-tudo – ex-presidiário, ex-corrupto e ex-lavador de dinheiro – é favorito disparado para enfrentar o devoto da cloroquina, já que lidera o primeiro turno com 40% das intenções de voto (Bolsonaro tem 24%).

Tudo o mais constante, teremos um verdadeiro segundo turno dos horrores, onde ou um desclassificado – como Bolsonaro – continuará destruindo a democracia e o País, ou um quadrilheiro da estirpe de Lula retomará, ao lado de seu bando, o poder.

Contudo, uma leve brisa de esperança ainda sopra por aí: Bolsonaro é rejeitado por nada menos que 61% dos brasileiros. Hoje, 50% são favoráveis ao impeachment do maníaco do tratamento precoce. Mas vejam só uma outra coisa:

Quase metade da população (46%) não suporta a ideia de Lula ser o presidente da República novamente. O líder do maior esquema de corrupção da história só perde (em rejeição) para o líder do maior esquema de omissão no combate ao coronavírus.

Ou seja, há realmente espaço para uma candidatura alternativa aos desastres Lula e Bolsonaro. O diabo é que o nome do milagreiro não aparece e o tempo urge. O País não pode se permitir a permanecer entre a forca e a fogueira.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio


Sobre o autor

Ricardo Kertzman é blogueiro, colunista e contestador por natureza. Reza a lenda que, ao nascer, antes mesmo de chorar, reclamou do hospital, brigou com o obstetra e discutiu com a mãe. Seu temperamento impulsivo só não é maior que seu imenso bom coração.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.