Nem dia D, nem hora H

Crédito: José Manuel Diogo

(Crédito: José Manuel Diogo)

Lavando as mãos como um pilatos em Manaus, fazendo piada de broxa na internet, Bolsonaro e o governo ainda conseguem surpreender o Brasil e mundo em mais um inacreditável capítulo do show de horror no seriado “A Gestão Brasileira da Pandemia” Segunda temporada: “A Vacinação”.

Pazzuelo afirmou com pompa e circunstância que os brasileiros vão ter sua vacina no dia “D” e na hora “H”; mais tarde Bolsonaro confirmava na sua live que isso era apenas “linguagem de militares”. Mas afinal, que governo é esse que faz piada de caserna na hora da morte? Não fosse tão trágico, seria risível.

Enquanto o povo morre no Amazonas, Bolsonaro revisita no seu passado as mesmas fábulas negacionistas com que, arrastou irresponsavelmente muitos dos seus seguidores para um caminho inexorável até a morte. 210 mil, de todas as idades, em todos os lugares, já perderam a vida.

Lembro as falas de Jair Bolsonaro em todo 2020. Março — 90% de nós não terá qualquer manifestação caso se contamine. Abril — No meu caso particular, pelo meu histórico de atleta, caso fosse contaminado pelo vírus não precisaria me preocupar. Maio — Nada sentiria, ou seria, quando muito, acometido de uma gripezinha ou resfriadinho, como bem disse aquele conhecido médico daquela conhecida televisão.

Mas foi ainda hoje que voltou a repetir, inconsciente da dor alheia — enquanto o oxigénio acabava para tantos brasileiros — fechado num néscio casulo de egoísmos — “Quem falou gripezinha não fui eu, foi Dráuzio Varella. Eu já tive e estou imunizado aqui. O que eu falei e desafiei a imprensa depois a me desmentir é que era gripezinha para mim.” Eu, eu, eu, mim, mim, mim. Eu em eu, mim em mim.


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

Mas nesta espiral de Narciso quantos “nós” morreram hoje asfixiados na incompetência de Jair? Será que algum tribunal poderá alguma vez reparar esse crime?

Enquanto as mortes se acumulam — já são quase 210 mil em todo o país — o presidente e o ministro da Saúde continuam brincando com a vida das pessoas boicotando as chances de o Brasil conseguir comprar a vacina no exterior.

Cada dia mais de atraso no início da campanha de vacinação é um dia a menos nas chances de o Brasil se afirmar como um país com futuro. Nem dia D, nem hora H.

Que tal um plano B? Como ninguém está vendendo a vacina para a gente, porque é que não exportamos os insumos com que se fabricam as seringas. Ninguém está precisando muito disso aqui…

v

Veja também

+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Lissa Aires, modelo do OnlyFans, perde fãs por causa de foto montada em elefante
+ Tatuadora chama atenção ao mostrar “bolha de tinta” no braço
+ Ex-Paquita faz tatuagem íntima; veja vídeo
+ Cataratas do Niágara congelam e as imagens são incríveis
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Editora estreia com o romance La Cucina, uma aventura gastronômia e erótica


Sobre o autor

José Manuel Diogo é autor, colunista, empreendedor e key note speaker; especialista internacional em media intelligence,  gestão de informações, comunicação estratégica e lobby. Diretor do Global Media Group e membro do Observatório Político Português e da Câmara de Comércio e Indústria Luso Brasileira. Colunista regular na imprensa portuguesa há mais de 15 anos, mantém coluna no Jornal de Notícias e no Diário de Coimbra. É ainda autor do blog espumadosdias.com. Pai de dois filhos, vive sempre com um pé em cada lado do oceano Atlântico, entre São Paulo e Lisboa, Luanda, Londres e Amsterdã.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.