Nelma Kodama rumo ao Brasil, com algemas

Autoridades iniciam trâmites para extradição da conhecida doleira detida na Terra Mãe

Crédito: Reprodução/ TV Globo

Doleira Nelma Kodama foi presa em Lisboa (Crédito: Reprodução/ TV Globo)

A Embaixada do Brasil em Portugal formalizou o pedido de extradição da doleira Nelma Kodama, por meio da Procuradoria-Geral da República, já notificada.
Famosa doleira presa na Operação Lava Jato, ligada ao doleiro-mor Alberto Youssef, ela agora é acusada de ser integrante de uma quadrilha de tráfico internacional de drogas, de de lavar dinheiro do bando na Europa.
Nelma foi presa dentro de um hotel em Portugal, por agentes da Polícia Nacional do país, no âmbito da Operação Descobrimento, deflagrada pela Polícia Federal.







Sobre o autor

Leandro Mazzini começou a carreira jornalística em 1996. É graduado em Comunicação Social pela FACHA, do Rio de Janeiro, e pós-graduado em Ciência Política pela UnB. A partir de 2000, passou por ‘Jornal do Brasil’, ‘Agência Rio de Notícias’, ‘Correio do Brasil’, ‘Gazeta Mercantil’ e outros veículos. Assinou o Informe JB de 2007 a 2011, e também foi colunista da Gazeta. Entre 2009 e 2014 apresentou os programas ‘Frente a Frente’ e ‘Tribuna Independente’ (ao vivo) na REDEVIDA de Televisão, em rede, foi comentarista político do telejornal da Vida, na mesma emissora e foi comentarista da Rede Mais/Record TV em MG. Em 2011, lançou a ‘Coluna Esplanada’, reproduzida hoje em mais de 50 jornais de 25 capitais e interior Foi colunista dos portais ‘UOL’ e ‘iG’ desde então, e agora escreve no blog que leva seu sobrenome no portal da ‘Revista Isto É’, onde conta com o trabalho dos jornalistas Walmor Parente, Carolina Freitas e Sara Moreira, além de correspondentes no Rio e Recife. É também comentarista das rádios ‘JK FM’ em Brasília, ‘Super TUPI’, do Rio, e ‘Rádio Muriaé’.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2022 - Três Editorial Ltda.
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.