Comportamento

Navio hospital em Nova York atenderá pacientes não infectados por coronavírus

Crédito: GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP

O navio hospital da Marinha USNS Comfort recebeu nesta sexta-feira seus primeiros pacientes, em um cais da cidade de Nova York (Crédito: GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP)

O navio hospital da Marinha USNS Comfort recebeu nesta sexta-feira seus primeiros pacientes, em um cais da cidade de Nova York, mas pretende permanecer isolado “como uma bolha” da atual pandemia de coronavírus, declarou seu chefe médico, comandante Patrick Amersbach.

“Consideramos que o USNS Comfort está em uma bolha”, declarou Amersbach, acrescentando que os membros da tripulação não poderão sair do navio.

Atracado em Manhattan, diante do famoso prédio Empire State, o Comfort está preparado para receber até mil pacientes, mas nenhum com o Covid-19.

Esta sexta-feira recebeu seus primeiros 21 pacientes, segundo a assessora de imprensa do navio, comandante Amelia Umayam.

Os pacientes chegam diretamente de hospitais de Nova York e são examinados para garantir que não têm o novo coronavírus, e seus familiares não poderão visitá-los no momento.

“Estamos em processo de colocar em prática” um protocolo para que os doentes recebam a visita de um familiar, revelou Amersbach.

Nova York se tornou o maior foco da pandemia nos Estados Unidos, com mais de mil das 7.400 mortes nos EUA.

A Casa Branca prevê que a pandemia matará entre 100 mil e 240 mil pessoas no país.