O cruzeiro onde acontecia um evento dos cantores Leonardo e Bruno e Marrone, conhecido como Navio Cabaré, foi interceptado pela polícia depois de uma denúncia de exploração sexual.

As informações são do portal R7, que detalhou que quatro jovens, entre 18 e 21 anos, de São Paulo e Santa Catarina, foram resgatadas após identificarem que não foram contratadas como modelos, mas sim para prestação de outros serviços.

+ Avião com quase meia tonelada de drogas invade fazenda do cantor Leonardo
+ João Guilherme ironiza avião com drogas que pousou na fazenda do pai, o cantor Leonardo

De acordo com o jornal, o navio saiu de Santos, no litoral paulista, e foi interceptado em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. As moças estavam sendo impedidas de se comunicarem externamente e só andavam pela embarcação sob vigilância. Outros artistas também usam a embarcação para realizar outros eventos musicais.