Mundo

Opositor do governo russo, Navalny alega que foi ameaçado de ir para um calabouço

Opositor do governo russo, Navalny alega que foi ameaçado de ir para um calabouço

Foto do opositor russo Alexei Navalny, fornecida pelo tribunal de Moscou, em 12 de fevereiro de 2021 - Moscow's Babushkinsky district court press service/AFP


O opositor russo Alexei Navalny, atualmente na prisão, afirmou nesta segunda-feira (29) que recebeu várias advertências desde sua prisão, o que significaria uma possível internação em um calabouço disciplinar.

Em uma mensagem publicada em sua conta no Instagram, ele diz ter recebido “seis advertências em duas semanas” na prisão de Pokrov, localizada a cerca de 100 km de Moscou, onde cumpre uma pena de dois anos e meio de prisão.

“Nas prisões russas, há duas formas principais de sanções: a advertência e a internação em um calabouço disciplinar. E com apenas duas advertências eles podem te enviar para lá. Não é nada confortável: as condições de prisão lá são próximas à tortura”, escreveu o opositor.

Navalny publica frequentemente em sua prisão mensagens nas redes sociais, e seus advogados se recusam a dizer como ele faz isso, já que não tem acesso à Internet.

Nesta última mensagem, ele explica que foi alvo de “20 advertências disciplinares”, principalmente por ter “levantado da cama 10 minutos” mais cedo que o habitual, ou também por “se negar a realizar” os exercícios físicos matinais obrigatórios.

Vítima de um envenenamento com um agente neurotóxico em agosto do ano passado, Navalny culpa o Kremlin, que nega qualquer envolvimento no episódio.

Ativista anticorrupção e crítico ferrenho do presidente Vladimir Putin, Navalny foi detido em janeiro quando retornava para a Rússia, procedente da Alemanha, onde se recuperava do envenenamento.

Em fevereiro, foi condenado a dois anos e meio de prisão por um caso de fraude que data de 2014 e que tanto ele quanto as ONGs e muitos países ocidentais afirmam que é uma manipulação política.

Na semana passada, pessoas próximas a ele manifestaram preocupação com sua saúde na prisão, e o opositor reclamou de fortes dores nas costas e na perna direita. A administração penitenciária considera, por sua vez, que ele se encontra em um estado “satisfatório”.

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago