Ediçao Da Semana

Nº 2743 - 19/08/22 Leia mais

Debaixo de muita chuva, Náutico e Criciúma empataram na noite desta quarta-feira, por 1 a 1, no estádio dos Aflitos, em Recife, no encerramento da 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Léo Costa e Bruno Bispo marcaram os gols da partida. O time pernambucano ainda desperdiçou um pênalti.

O Náutico está em queda livre, tendo apenas uma vitória nos últimos 11 jogos disputados na temporada. Assim, o time é apenas o 16º colocado, com 15 pontos – mesma pontuação que o CSA (17º), primeiro time na zona de rebaixamento. Já o Criciúma chegou aos 20 pontos e é o sexto colocado.

Choveu durante todo o dia na cidade de Recife e durante a partida não foi diferente, com o gramado ficando bastante prejudicado com poças de água. O campo pesado e encharcado prejudicou Náutico e Criciúma, que ficaram reféns das bolas aéreas e chutes de fora da área para criar as chances de gol na partida. Os visitantes assustaram aos 17 minutos em finalização de Fellipe Mateus, enquanto os pernambucanos responderam aos 19 com Geuvânio.

Pelo alto, o Criciúma abriu o placar aos 31 minutos. Fellipe Mateus cobrou falta e o volante Léo Costa desviou de cabeça, tirando o goleiro Renan da jogada. Contudo, o Náutico não se abateu e buscou o empate aos 44, quando Bruno Bispo aproveitou sobra na área e finalizou no canto direito.

O gol de empate animou o Náutico, que poderia ter virado a partida antes do intervalo. Aos 49 minutos, Arilson derrubou Pedro Vitor dentro da área e o árbitro marcou pênalti. O mesmo Pedro Vitor cobrou, mas o goleiro Gustavo defendeu, mantendo o placar empatado.

No segundo tempo, o Náutico voltou nervoso e viu o Criciúma ter as melhores chances de gol. Aos 11, Lucas Xavier arriscou de fora da área e quase acertou a trave direita. Depois, aos 15, após escanteio, Rodrigo desviou e Léo Costa quase completou para marcar seu segundo gol na partida.

A situação do Náutico, que já não era boa dentro de campo, piorou aos 17 minutos, quando o zagueiro João Paulo acertou o rosto de Rômulo com o cotovelo e foi expulso de campo. O detalhe é que o técnico Roberto Fernandes ficou extremamente irritado com a atitude do seu jogador à beira do campo.

Nos minutos finais o Criciúma aproveitou a vantagem numérica e pressionou o Náutico pela vitória com chutes perigosos de Arilson e Caio Dantas, mas a partida acabou ficando empatada.

O Náutico volta a campo no sábado para enfrentar o Novorizontino, às 18h30, no estádio dos Aflitos, em Recife. No mesmo dia, o Criciúma visitará o Ituano, às 16 horas, no estádio Novelli Júnior, em Itu.

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO 1 X 1 CRICIÚMA

NÁUTICO – Renan; Wellington (Carlão), Bruno Bispo e João Paulo; Thássio, Richard Franco, Ralph, Nascimento (Juninho Carpina) e Pedro Vitor (João Lucas); Geuvânio (Júnior Tavares) e Amarildo (Júlio). Técnico: Roberto Fernandes.

CRICIÚMA – Gustavo; Claudinho (Cristovam), Rodrigo, Kadu e Marcelo Hermes; Léo Costa, Rômulo (Renan Bressan), Arilson e Fellipe Mateus (Thiago Alagoano); Lucas Xavier (Hygor depois Hélder) e Caio Dantas. Técnico: Cláudio Tencati.

GOLS – Léo Costa, aos 33, e Bruno Bispo, aos 44 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Andre Luiz de Freitas Castro (GO).

CARTÕES AMARELOS – Wellington, Nascimento e Júlio (Náutico); Arilson e Lucas Xavier (Criciúma).

CARTÃO VERMELHO – João Paulo (Náutico).

PÚBLICO – 4.089 pagantes.

RENDA – R$ 27.072,00.

LOCAL – Estádio dos Aflitos, em Recife (PE).