Esportes

Napoli e Barcelona empatam em 1-1 na ida das oitavas da Champions

Jogando diante de sua torcida, o Napoli empatou nesta terça-feira em 1 a 1 com o Barcelona no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, um duelo que será decidido em 18 de março no Camp Nou.

O belga Dries Mertens abriu o placar para os napolitanos com um belo chute colocado aos 30 minutos de jogo, mas o francês Antoine Griezmann deixou tudo igual aos 12 do segundo tempo de uma partida em que o Barça terminou com 10 jogadores em campo, após a expulsão do chileno Arturo Vidal (88′).

O Barça foi o dono da posse de bola durante boa parte do jogo, mas sofreu diante do esquema defensivo montado pelo técnico Gennaro Gattuso, que preferiu apostar em contra-ataques para surpreender os favoritos catalães.

A estratégia montada pelo Napoli deu certo, principalmente no primeiro tempo. Na meia-hora de jogo, após uma roubada de bola no meio de campo e uma saída em velocidade, a bola sobrou na entrada da área para Mertens, que acertou um belo chute colocado, sem chances para o goleiro Ter Stegen.

Após o intervalo, o Barcelona ajeitou seu meio de campo e ganhou velocidade da circulação da bola com a entrada do brasileiro Arthur, sendo recompensado com o empate.

– Griezmann empata –

No lance, Nelson Semedo se lançou pela direita, nas costas da zaga do Napoli, e recebeu passe preciso de Sergio Busquets, antes de tocar para Griezmann, da marca do pênalti, fuzilar o gol de David Ospina.

O gol animou o Barcelona, que criou mais chances de gol, mas pecou pelo dia pouco inspirado de seus homens de frente, principalmente de Lionel Messi, que sofreu com a forte marcação italiana e não conseguiu fazer a habitual diferença em campo.

Apesar do gol, Griezmann também teve dificuldades para entrar no jogo e participar do ataque catalão, geralmente aparecendo do lado esquerdo do ataque do Barça, muito distante de Messi, que prefere atuar pela direita e cortar para o meio.

“Viemos para ganhar, mas tudo bem, temos uma partida em casa agora”, analisou o jogador francês após a partida, afirmando estar “trabalhando para se introsar melhor com Messi e me adaptar ao time”.

Nos minutos finais, quando as duas equipes pareciam satisfeitas com o empate, Vidal, que jogou improvisado no ataque, foi expulso após receber dois cartões amarelos por um desentendimento com Mário Rui.

Já desfalcado por inúmeras lesões no elenco, principalmente dos atacantes Luis Suárez e Ousmane Dembélé, a ausência de Vidal será mais uma baixa importante no Barcelona para o jogo de volta, assim como a de Busquets, que estará suspenso para o segundo duelo, no Camp Nou.

gr/mcd/am

Veja também

+ Usado: Toyota Corolla é carro para ficar longe da oficina
+ Robert De Niro reduz limite do cartão da ex-mulher e diz que coronavírus implodiu suas finanças
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior