ISTOÉ Gente

‘Não tinha salário’, diz Glória Maria sobre início de carreira na Globo

Crédito: Reprodução Instagram

Durante entrevista ao podcast “Mano a Mano”, de Mano Brown, Glória Maria contou um pouco do começo de sua carreira no jornalismo, em especial na Globo. Foi aos 16 anos que a repórter começou a trabalhar na emissora como estagiária, mas sem remuneração.

‘‘A Vizinha da Mulher na Janela’: Netflix divulga trailer de nova série satírica com Kristen Bell


Yudi Tamashiro se pronuncia após ser chamado de ‘falso crente’ ao curtir ‘Farofa da Gkay’

“Tenho uma amiga chamada Tânia. Nós éramos as mais pobres da escola [risos] Somos amigas até hoje. Ela era secretária da tesouraria, e um dia ofereceram uma vaga pra ela no Jornalismo. Mas não tinha salário, era um estágio sem receber. Não tinha outra pessoa que não quisesse ganhar dinheiro”, contou Glória.

De acordo com ela, a rotina em 1970, quando entrou na Globo, era puxada. De manhã, ia para a emissora, de tarde, estudava e, de noite, trabalhava como telefonista ganhando o equivalente a R$ 500 por mês. “Eu era a Mulher Maravilha. Nunca tive tempo de curtir, de casar, de nada. Eu só trabalhei e era feliz assim. […] Enquanto eu estava trabalhando, esquecia todos os problemas da minha família, que eram muitos.”

“Eu tive sorte de chegar em uma época que o talento valia alguma coisa. Sempre fui respeitada como ser humano. Tive a chance de crescer sem ter uma família rica, um marido poderoso… Vim do nada e estou aqui até hoje. A TV Globo nunca me fez favor nenhum. Eu não devo nada a ela [emissora]. O que a emissora investiu em mim, eu dou de volta: audiência e credibilidade”, finalizou a veterana.