Não sei se Gentili tem de ser preso; mas tem que deixar de ser covarde

Crédito: Divulgação/SBT

(Crédito: Divulgação/SBT)

Donald Trump incentivou seus brucutus a invadirem o Capitólio. Beleza. Hoje os caras estão em cana, e o bufão, na praia, tomando água de coco ao lado da “maaaaravilhosa” Melania.

Bolsonaro incentivou a noiva do Chucky – Sara Winter – a bombardear o STF. Legal. A boneca maluca foi pro saco, e o devoto da cloroquina, “nem te ligo farinha de trigo”, para a fake loira.


Os figurões petistas e os líderes arruaceiros dos auto proclamados movimentos sociais, como MST e MTST, são useiros e vezeiros da mesma prática; enviam seus idiotas úteis para o pau, enquanto se abrigam, seguros e confortáveis, à espera do desfecho da carnificina.

Danilo Gentili, um humorista meio sem graça, contumaz no “humor negro”, conclamou a população brasileira a invadir o Congresso Nacional e a socar a fuça dos parlamentares:

“Eu só acreditaria que esse País tem jeito se a população entrasse agora na câmara e socasse todo deputado que está nesse momento discutindo PEC de imunidade parlamentar”.

Gentili quer que os outros façam o que ele não tem coragem de fazer. Age exatamente como aqueles que vive criticando: políticos populistas que usam o povo como massa de manobra.

Particularmente, adoraria poder entrar no Congresso e, eu mesmo, estapear as orelhas de muitos vagabundos que usam a política para delinquir. Mas não posso e não devo. Explico:

Primeiro, que iria apanhar de montão. Segundo, que estaria incorrendo em crime. E terceiro, que se porrada fosse a saída, bastaria largar tudo na mão do bolsonarismo-raiz e pronto.

Democracia se aprimora com diálogo e boa política. Truculência só leva a ditadura e a mais violência. Novamente Danilo Gentili não teve qualquer graça. E ainda por cima, foi covarde.






Sobre o autor

Ricardo Kertzman é blogueiro, colunista e contestador por natureza. Reza a lenda que, ao nascer, antes mesmo de chorar, reclamou do hospital, brigou com o obstetra e discutiu com a mãe. Seu temperamento impulsivo só não é maior que seu imenso bom coração.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2022 - Três Editorial Ltda.
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.