ISTOÉ Gente

‘Não pode nem respirar mais’, diz Rodrigo Bocardi após ser acusado de xenofobia

Crédito: Reprodução/TV Globo

Rodrigo Bocardi (Crédito: Reprodução/TV Globo)


Durante o “Bom Dia São Paulo”, da TV Globo, na manhã desta sexta-feira (16), Rodrigo Bocardi se revoltou com um telespectador  que o acusou de xenofobia nas redes sociais. No post, ele disse que o apresentador teria sido ríspido ao dizer, para uma repórter, que sofria com o calor de Cuiabá, no Mato Grosso, onde costumava trabalhar.

“Você vai vendo o nível. Queria sugerir que ele, na verdade, dissesse que eu estava sendo ‘arnofóbico’ agora, porque eu estou respirando.”

No jornalístico, Bocardi reclamou que não pode mais dizer nada que tudo toma uma outra proporção: “Olha o ponto em que a gente está! Você não pode falar da temperatura que tem ar de xenofobia… Então você não pode nem respirar mais, porque você está cometendo alguma indelicadeza”, disse ele.

Vale lembrar que no ano passado, o jornalista foi acusado de racismo por presumir que um atleta negro entrevistado por um repórter era na verdade gandula do clube onde estava indo jogar. Na ocasião, ele justificou  dizendo que a confusão foi por causa do uniforme do atleta, mas mesmo assim muitas pessoas interpretaram de forma negativa.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio