Esportes

‘Não façam sexo com estrangeiros na Copa’, pede líder de comitê russo

Crédito: Divulgação

A chefe do parlamento do comitê para famílias, Tamara Pletnyova, fez um apelo às mulheres russas para que evitam fazer sexo com homens estrangeiros que não são de raça branca durante a Copa do Mundo. As informações são do site Esporte Fera.

Segundo ela, as russas poderiam acabar se tornando mães solteiras de crianças mestiças. “Mesmo quando as mulheres russas se casam com estrangeiros, as relações muitas vezes acabam mal”, disse em um programa de rádio sobre os chamados “Filhos das Olimpíadas”, depois dos Jogos de 1980.

Ainda segundo o Esporte Fera, na época, a contracepção não era amplamente disponível no país e o termo foi usado durante para descrever crianças não brancas concebidas em eventos internacionais.

“É uma coisa se eles são da mesma raça, mas bastante diferente se eles são de outra raça. Sei que as crianças sofrem. Elas são abandonadas, e é isso, elas ficam aqui com a mãe”, argumentou Pletnyova.

Outro legislador, Alexander Sherin, disse que os estrangeiros poderiam trazer vírus para Copa do Mundo e infectar os russos ou tentar circular com substâncias proibidas durante o torneio.

A Rússia deve receber mais de um milhão de torcedores dos mais diferentes países, segundo estimativa do presidente da Fifa, Gianni Infantino.