Cultura

Naiara Azevedo é alvo de nota de repúdio de Conselho de Enfermagem

A cantora Naiara Azevedo foi alvo de uma nota de repúdio publicada pelo Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Coren-PB) nesta segunda-feira, 21, por conta da música Boqueira, que cantou ao lado de Gil Mendes.

Em determinado momento da música, a letra diz: “o meu desejo é que ele pegue uma boqueira / e que a rapariga não seja enfermeira”.

Na nota, o conselho “manifesta seu profundo repúdio ao conteúdo da música cantada por Gil Mendes e Naiara Azevedo, de nome Boqueira”, por se utilizar “da palavra ‘enfermeira’ associando a profissão a uma imagem pejorativa”.

“A letra da música reduz o trabalho realizado pelas profissionais de enfermagem, incitando o preconceito contra as enfermeiras”, prossegue a nota.

“Não se pode admitir que, sob o manto da liberdade de expressão, as pessoas se utilizem deste tipo de manifestação de pensamento que ofende publicamente uma coletividade de mulheres enfermeiras”, continua.

Por fim, o Conselho de enfermagem da Paraíba faz acusações sobre a letra, afirmando que a música “reforça uma cultura machista e misógina perpetrada no Brasil por muitos anos”.

O E+ tentou entrar em contato com a assessoria de imprensa de Naiara Azevedo, porém, foi informado de que o contato só seria possível na manhã de terça-feira, 22. O E+ também enviou uma mensagem à equipe de Gil Mendes, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem.

Veja também

+ Maria Zilda relembra como soube que Ary Fontoura era gay: “A coisa mais incrível que já ouvi”
+ Toyota Corolla Cross é SUV do Corolla para brigar com Jeep Compass e cia; confira imagens oficias
+ Robert De Niro reduz limite do cartão da ex-mulher e diz que coronavírus implodiu suas finanças
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ Coronel da PM diz que Bolsonaro é ‘falastrão’ e renuncia à entidade de Oficiais
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior