Esportes

Nadal elimina Khachanov e vai às oitavas em Melbourne; Zverev e Berrettini também avançam

Rafael Nadal, nº 5 do mundo, cedeu o seu primeiro set no torneio contra o russo Karen Khachanov (30º), a quem, no entanto, derrotou sem maiores dificuldades por 6-3, 6-2, 3-6 e 6-1, nesta sexta-feira pela terceira fase do Aberto da Austrália.

Nas oitavas de final, Nadal, de 35 anos, vai enfrentar o francês Adrian Mannarino (69º), carrasco do russo Aslan Karatsev (15º).


“Foi o meu melhor jogo em todos os sentidos, contra o oponente mais difícil. Um adversário importante, com grande experiência no circuito e com muitos jogos bons. Consegui jogar em bom nível. Não vou ficar orgulhoso demais, mas é para ficar satisfeito”, comemorou Nadal após vencer o russo, especialista em quadra dura.

O espanhol já havia impressionado na primeira rodada ao eliminar o americano Marcos Giron (66º) por 6-1, 6-4 e 6-2 em seu retorno a um ‘major’, após se recuperar de uma lesão no pé e da covid-19, que ele contraiu em dezembro.

Na segunda rodada, contra o alemão Yannick Hanfmann (126º), o vencedor de 20 Grand Slams havia vencido por 6-2, 6-3 e 6-4.

“É uma semana muito especial para mim. Vindo de onde venho, isso torna as coisas muito especiais”, disse Nadal, acrescentando que as memórias desses meses difíceis aumentam suas energias.

Khachanov foi o primeiro adversário de Nadal no top 60 até agora este ano, e agora o saldo direto é de oito vitórias para o espanhol e nenhuma para o russo.

Para Nadal, será a 15ª vez que ele chega ao top 16 no Aberto da Austrália e a 51ª vez que ele joga as oitavas de final em um Grand Slam.

– Zverev avança sem sustos –

Também nesta sexta-feira o alemão Alexander Zverev, N.3 do mundo, se classificou sem problemas para as oitavas do Aberto da Austrália ao derrotar o moldavo Radu Albot (124º e vindo do qualifying) por 6-3, 6-4 e 6-4 em menos de duas horas.

“Radu está em grande forma, jogou muito bem e veio de cinco vitórias já que passou pelo qualifying. Por isso estou feliz por ter vencido em três sets, principalmente porque não fiz uma partida perfeita”, comentou o alemão de 24 anos, se referindo especialmente aos seus 30 erros não forçados.

O alemão enfrentará na próxima fase o canadense Denis Shapovalov (14º), que perdeu um set contra o americano Reilly Opelka (29º) mas venceu o jogo por 7-6, (7/4), 4-6, 6-3, e 6-4.

Zverev chegou às semi-finais em Melbourne em 2010, depois às quartas-de-final no ano passado. Shapovalov (22 anos) nunca havia passado da terceira fase.

Já Matteo Berrettini, 7º do mundo, lutou mais de quatro horas para vencer Carlos Alcaraz (31º) no tie-break do quinto set 6-2, 7-6 (7/3), 4-6, 2-6 e 7-6 (10/5).

“Ele é incrível! Com a idade dele acho que eu nem tinha pontos ATP”, disse o italiano de 25 anos sobre o espanhol de apenas 18 anos.

Berrettini, finalista no ano passado em Wimbledon, jogará assim as oitavas de final em Melbourne pela segunda vez, como em 2021. Será contra outro espanhol, Pablo Carreño (21º), que derrotou o americano Sebastian Korda (43º).

— Resultados desta sexta-feira do Aberto da Austrália, em Melbourne

– Simples masculino (3ª fase):

Miomir Kecmanovic (SRB) x Lorenzo Sonego (ITA/N.25) 6-4, 6-7 (8/10), 6-2, 7-5

Gael Monfils (FRA/N.17) x Cristian Garín (CHI/N.16) 7-6 (7/4), 6-1, 6-3

Pablo Carreño (ESP/N.19) x Sebastian Korda (EUA) 6-4, 7-5, 6-7 (6/8), 6-3

Matteo Berrettini (ITA/N.7) x Carlos Alcaraz (ESP/N.31) 6-2, 7-6 (7/3), 4-6, 2-6, 7-6 (10/5)

Alexander Zverev (ALE/N.3) x Radu Albot (MDA) 6-3, 6-4, 6-4

Denis Shapovalov (CAN/N.14) x Reilly Opelka (EUA/N.23) 7-6 (7/4), 4-6, 6-3, 6-4

Adrian Mannarino (FRA) x Aslan Karatsev (RUS/N.18) 7-6 (7/4), 6-7 (4/7), 7-5, 6-4

Rafael Nadal (ESP/N.6) x Karen Khachanov (RUS/N.28) 6-3, 6-2, 3-6, 6-1

ig/iga/dr/aam