Esportes

Nadal bate norte-americano e avança às quartas em Madri; Soares cai nas duplas


Em busca do seu sexto título do Masters 1000 de Madri e atrás do seu primeiro troféu nesta temporada, Rafael Nadal deu novo passo rumo a este objetivo ao vencer o norte-americano Frances Tiafoe por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, nesta quinta-feira, e garantir vaga nas quartas de final do importante torneio realizado em quadras de saibro na capital espanhola.

Com o triunfo, o tenista espanhol se credenciou para encarar na próxima fase o suíço Stan Wawrinka, que horas mais cedo derrotou o japonês Kei Nishikori, sexto cabeça de chave, por 2 sets a 0, com 6/3 e 7/6 (7/3).

Atual vice-líder do ranking mundial, Nadal precisou de 1h32min para despachar o 37º colocado da ATP nesta quinta. Além de confirmar todos os seus saques, ele aproveitou duas de quatro oportunidades de quebrar o serviço de Tiafoe para liquidar a partida em sets diretos.

Eliminado nas semifinais do Masters de Montecarlo e do Torneio de Barcelona neste período de saibro do calendário do tênis, Nadal chegou pela primeira vez, em 15 anos, ao mês de maio sem ter erguido nenhum troféu em uma temporada. E nesta quinta o espanhol conquistou a sua segunda vitória em dois jogos com o norte-americano, batido anteriormente por 3 sets a 0 nas quartas de final do Aberto da Austrália deste ano.

Outro tenista de destaque que confirmou favoritismo em uma partida realizada no final da programação do dia em Madri foi Alexander Zverev. Terceiro cabeça de chave, o alemão sofreu, mas derrotou o polonês Hubert Hurkacz por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 3/6, 6/4 e 6/4.


+ Casal posta fotos nus em pontos turísticos e ganha fama na web
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ ‘Raça de víboras’: Andressa Urach critica seguidores que não acreditam em sua fé
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



Com o triunfo, o atual quarto colocado do ranking mundial avançou às quartas de final e terá como próximo rival o grego Stefanos Tsitsipas, que em outro duelo desta quinta-feira eliminou o espanhol Fernando Verdasco com parciais de 6/3 e 6/4.

DUPLAS – No mesmo dia em que foi às quartas de final do torneio de simples, Tsitsipas também avançou às semifinais de duplas do Masters de Madri atuando ao lado do holandês Wesley Koolhof. Os dois foram os responsáveis pela eliminação da parceria formada pelo brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray ao vencerem os cabeças de chave número 3 da competição por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/6 (7/4).

Com a eliminação de Soares, o Brasil ficou com apenas um representante ainda vivo no torneio de duplas do evento espanhol. Trata-se de Marcelo Demoliner, que em outra partida do dia se garantiu nas quartas de final atuando ao lado do russo Daniil Medvedev. Eles superaram os espanhóis Roberto Carballes Baena e Jaume Munar por 2 sets a 0, com 7/6 (7/5) e 7/5, e avançaram para encarar o holandês Jean-Julien Rojer e o romeno Horia Tecau na próxima fase.

Além de Soares, outro brasileiro que foi eliminado nas duplas em Madri nesta quinta-feira foi Marcelo Melo. Cabeça de chave número 2 ao lado do polonês Lukasz Kubot, ele caiu por duplo 6/2 diante do argentino Guido Pella e o português João Sousa em confronto válido pelas quartas de final. Antes destas eliminações sofridas nesta quinta, o Brasil tinha 100% de aproveitamento nesta disputa em Madri.

Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS