Esportes

Na semana em que voltará às quadras, Nadal reassume liderança do ranking da ATP

Na mesma semana em que fará o seu retorno às quadras, Rafael Nadal reassumiu a liderança do ranking da ATP. O espanhol, que não entra em quadra desde a sua eliminação no Aberto da Austrália em janeiro, voltou a ser o número 1 do mundo na atualização desta segunda-feira da lista por causa do descarte de pontos.


Vice-campeão do Masters 1000 de Miami no ano passado, Nadal não participou do evento nesta temporada e perdeu 600 pontos. Ainda assim, é o novo líder do ranking da ATP, com 8.770 pontos, porque Roger Federer perdeu descartou mais pontos nesta atualização da lista.

Afinal, o suíço foi campeão em Miami no ano passado, mas dessa vez parou logo na sua estreia, na segunda rodada, ao perder para o australiano Thanasi Kokkinakis. Assim, passou a ter 8.670 pontos, sendo ultrapassado por Nadal, que atingiu a 168ª semana como número 1 do mundo e agora vai defender a Espanha no duelo com a Alemanha pelo Grupo Mundial da Copa Davis, a partir de sexta-feira.

O croata Marin Cilic, eliminado nas oitavas de final em Miami, continua sendo o número 3 do mundo, com 4.985 pontos. Mas agora é ele seguido de muito perto pelo alemão Alexander Zverev, que saltou para a quarta posição, com 4.925, após ser vice-campeão do último Masters 1000.

Com isso, Zverev deixou para trás o búlgaro Grigor Dimitrov, agora o quinto colocado do ranking, após parar na terceira rodada em Miami, com 4.635 pontos. Semifinalista desse evento, o argentino Juan Martin Del Potro é o número 6 do mundo, à frente do austríaco Dominic Thiem e do sul-africano Kevin Anderson, que parou nas quartas de final em Miami.

O norte-americano John Isner ascendeu oito posições e se tornou o número 9 do mundo após ser campeão do Masters 1000 da Flórida no último domingo. E o belga David Goffin, que caiu logo na segunda rodada, completa o Top 10 do ranking da ATP.

O espanhol Pablo Carreño Busta se aproximou desse seleto grupo ao ser semifinalista em Miami, se tornando o número 12 do mundo. O sul-coreano Hyeon Chung entrou no Top 20, em 19º lugar, após ir até as quartas de final, mesma etapa em que parou o croata Borna Coric, agora na 28ª posição na lista.

Melhor tenista do País, Rogério Dutra Silva “furou” o qualifying do Masters 1000 de Miami e caiu na primeira rodada da chave principal. E ele ascendeu dois postos, se tornando o número 113 do mundo.

Confira a classificação atualizada do ranking da ATP:

1.º – Rafael Nadal (ESP), 8.770 pontos

2.º – Roger Federer (SUI), 8.670

3.º – Marin Cilic (CRO), 4.985

4.º – Alexander Zverev (ALE), 4.925

5.º – Grigor Dimitrov (BUL), 4.635

6.º – Juan Martín del Potro (ARG), 4.470

7.º – Dominic Thiem (AUT), 3.665

8.º – Kevin Anderson (AFS), 3.390

9.º – John Isner (EUA), 3.125

10.º – David Goffin (BEL), 3.110

11.º – Lucas Pouille (FRA), 2.410

12.º – Pablo Carreño Busta (ESP), 2.395

13.º – Novak Djokovic (SER), 2.310

14.º – Sam Querrey (EUA), 2.265

15.º – Diego Schwartzman (ARG), 2.220

16.º – Jack Sock (EUA), 2.200

17.º – Roberto Bautista Agut (ESP), 2.175

18.º – Tomas Berdych (RCH), 2.140

19.º – Hyeong Chung (COR), 1.897

20.º – Fabio Fognini (ITA), 1.840

113.º – Rogério Dutra Silva (BRA), 507

125.º – Thiago Monteiro (BRA), 450

145.º – Thomaz Bellucci (BRA), 394