Brasil

Na CPI, senador Contarato acusa depoente de homofobia: “Minha família não é pior que a sua”

Na CPI, senador Contarato acusa depoente de homofobia: “Minha família não é pior que a sua”

Em momento tenso na CPI na manhã desta quinta-feira (30), o senador Fabiano Contarato ocupou a presidência da comissão por alguns instantes para fazer um pronunciamento. Alvo de ofensas homofóbicas emitidas pelo depoente Otávio Fakhoury nas redes sociais, o senador criticou a postura do empresário. “A orientação sexual não define o caráter, a cor da pele não define o caráter. A minha família não é pior do que a sua. A mesma certidão de casamento que o senhor tem, eu também tenho”, disse o senador.

Contarato questionou ainda a moral do depoente. “Qual o conceito de moralidade do senhor? Qual a imagem que o senhor vai deixar para o seus filhos?”, afirmou. O senador pediu ainda que mensagens veiculadas por Fakhoury fossem enviadas à polícia legislativa para apuração do crime de homofobia.


Após o pronunciamento do senador, Fakhoury se desculpou. Foi um comentário de tom de brincadeira. Não teve a intenção de lhe ofender. Peço desculpas desse comentário infeliz”.