Na casa da tua mãe teve vacina, Bolsonaro; e graças ao Doria

Crédito: Reprodução/Facebook

(Crédito: Reprodução/Facebook)


Como sempre faz o verdugo do Planalto, quando confrontado com as próprias psicopatia e incompetência absolutas, em meio a apoiadores, investiu ferozmente contra a cobrança por vacinas: “Tem idiota que a gente vê nas redes sociais, na imprensa, [dizendo] ‘vai comprar vacina’. Só se for na casa da tua mãe. Não tem [vacina] para vender no mundo”.

Após ter recusado mais de uma centena de milhão de doses de vacinas como a CoronaVac, que chamou de “vachina chinesa do Doria”, e que disse que poderia causar “anomalia, morte e invalidez”, ou como a da Pfizer, que poderia “transformar gente em jacaré” ou “fazer crescer barba em mulher”, ainda em meados de 2020, fica muito fácil, agora, dizer que não há vacina.

A verdade é que o devoto da cloroquina e seu general-fantoche são, além de homicidas e de maníacos do tratamento precoce, incompetentes, burros e trapalhões, e fizeram tamanhas e tantas besteiras ao longo dos últimos 12 meses, que dragaram o Brasil e os brasileiros para o necrotério e para a absoluta impossibilidade de uma saída rápida: a vacinação em massa.

Bolsonaro pode tocar seu berrante o quanto quiser – ao lado de e cercado por – sua manada de “cornos mansos”. Pode mentir para os incautos, fugir das responsabilidades (para quem acredita nele) e culpar todo mundo por seus grotescos e premeditados erros, senão crimes. Mas só não estamos vacinando nosso povo porque ele não quis; porque ele é um homicida.

Não, Bolsonaro. Nós não vamos às casas das nossas mães comprar vacinas porque elas, coitadas, não têm. E não têm, repito, por culpa sua e dessa gente assassina que lhe cerca. Além disso, ó pai do senador das rachadinhas e da mansão de 6 milhões de reais, apenas uma mãe aqui poderia ter vacina em casa; a sua! E isso, graças ao “calça apertada”.


+ Após cobertura ser arrematada em leilão, Carlinhos Mendigo se recusa deixar propriedade
+ Mulher desaparecida é encontrada dentro de cobra píton
+ Furão é estrela de vídeo que recria cenas do filme Ratatouille



Agora, deixe de embromação e vá trabalhar! Deixe de passear, para receber afagos dos seus puxa-sacos, e vá providenciar vacinas para o povo! Deixe de tirar o seu da reta e seja homem o bastante para assumir os seus B.O’s. Mas antes passe na casa da senhora sua mãe e veja, com os próprios olhos, que ela não se transformou na mulher barbada dos seus pesadelos de infância. Estúpido!

Veja também

+ Receita simples de bolo Red Velvet
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS


Sobre o autor

Ricardo Kertzman é blogueiro, colunista e contestador por natureza. Reza a lenda que, ao nascer, antes mesmo de chorar, reclamou do hospital, brigou com o obstetra e discutiu com a mãe. Seu temperamento impulsivo só não é maior que seu imenso bom coração.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.